terça-feira, 18 de junho de 2013

Governador pede atuação da Força Nacional nos protestos em Minas Gerais.

A Superintendência do Governo do Estado confirmou, na noite desta terça-feira (18), que 150 homens da Força Nacional de Segurança vão atuar nos protestos que devem acontecer nos próximos dias nas cidades mineiras. Antonio Anastasia (PSDB) teria conversou com a presidente Dilma Rousseff (PT) para conseguir o apoio dos agentes.
O grupo deve atuar sob o comando da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) durante as manifestações. Mais cedo, o governador se reuniu com o comando da corporação e outras autoridades da Segurança Pública do estado.
governador-reafirma-compromisso-de-minas-com-as-livres-manifestacoes-populares
Anastasia reforçou compromisso com a defesa da livre manifestação
pacífica dos cidadãos durante pronunciamento
Foto: Wellington Pedro/Imprensa MG
Em um pronunciamento feito durante a tarde, Anastasia anunciou que uma nova estratégia será traçada para o acompanhamento das mobilizações.
“As manifestações que estão ocorrendo em todo o país demonstram de forma inequívoca e incontestável um forte sentimento de insatisfação entre a população, sobretudo entre os jovens. Esse sentimento não pode ser ignorado pelos governantes, que precisam saber interpretar este clamor que vem das ruas e buscar soluções adequadas para as queixas, reivindicações e problemas apontados nestas manifestações”, afirmou o governador.
Durante o protesto que tomou as ruas de Belo Horizonte na segunda-feira (17) houve o registro de dois grandes confrontos entre manifestantes e policiais. Dezenas de pessoas ficaram feridas após os militares dispararem balas de borracha e lançarem bombas de gás lacrimogêneo.

Um comentário:

  1. GREVE .... ATE A DERRUBADA DO VETO DA ORDINARIA DILMA...GREVE .... ATE A DERRUBADA DO VETO DA ORDINARIA DILMA...GREVE .... ATE A DERRUBADA DO VETO DA ORDINARIA DILMA...GREVE .... ATE A DERRUBADA DO VETO DA ORDINARIA DILMA...

    ResponderExcluir