sexta-feira, 14 de junho de 2013

Países da ONU recomendam fim da Polícia Militar no Brasil.


O Conselho de Direitos Humanos da ONU pediu nesta quarta-feira ao Brasil maiores esforços para combater a atividade dos "esquadrões da morte" e que trabalhe para suprimir a Polícia Militar, acusada de assassinatos.
Esta é uma de 170 recomendações que os membros do Conselho de Direitos Humanos aprovaram hoje como parte do relatório elaborado pelo Grupo de Trabalho sobre o Exame Periódico Universal (EPU) do Brasil, uma avaliação à qual se submetem todos os países.
A recomendação em favor da supressão da PM foi obra da Dinamarca, que pede a abolição do "sistema separado de Polícia Militar, aplicando medidas mais eficazes (...) para reduzir a incidência de execuções extrajudiciais".
A Coreia do Sul falou diretamente de "esquadrões da morte" e Austrália sugeriu a Brasília que outros governos estaduais "considerem aplicar programas similares aos da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) criada no Rio de Janeiro".
Já a Espanha solicitou a "revisão dos programas de formação em direitos humanos para as forças de segurança, insistindo no uso da força de acordo com os critérios de necessidade e de proporcionalidade, e pondo fim às execuções extrajudiciais".
O relatório destaca a importância de que o Brasil garanta que todos os crimes cometidos por agentes da ordem sejam investigados de maneira independente e que se combata a impunidade dos crimes cometidos contra juízes e ativistas de direitos humanos.
O Paraguai recomendou ao país "seguir trabalhando no fortalecimento do processo de busca da verdade" e a Argentina quer novos "esforços para garantir o direito à verdade às vítimas de graves violações dos direitos humanos e a suas famílias".
A França, por sua parte, quer garantias para que "a Comissão da Verdade criada em novembro de 2011 seja provida dos recursos necessários para reconhecer o direito das vítimas à justiça".
Muitas das delegações que participaram do exame ao Brasil concordaram também nas recomendações em favor de uma melhoria das condições penitenciárias, sobretudo no caso das mulheres, que são vítimas de novos abusos quando estão presas.
Neste sentido, recomendaram "reformar o sistema penitenciário para reduzir o nível de superlotação e melhorar as condições de vida das pessoas privadas de liberdade".
Olhando mais adiante, o Canadá pediu garantias para que a reestruturação urbana visando à Copa do Mundo de 2014 e aos Jogos Olímpicos de 2016 "seja devidamente regulada para prevenir deslocamentos e despejos".

7 comentários:

  1. O corleone vc não gosta de PM não? fica postando coisas contra PM, foca no lado de vcs Policia Penal, andar armado nas ruas, Porque vc ñ coloca aí que foi a PM que interviu na rebelião em Ituitaba-MG e também Itájuba-MG Machado-MG, vc tá é com inveja véio, porque a hora que a PM mandar vcs encostarem na parede vcs terão que obedecer!!! esquece a PM e foca em vcs que estão muito atrasados nenhum Blog DE POLÌCIA posta nada contra vcs ao contrario apoia. Seja ético!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A hora que a PM mandar encostar na parede até um PM tem que encostar e se identificar da mesma maneira que todo cidadão faz, sendo militar ou não. Pelo visto você não sabe nem o que está falando.

      Excluir
    2. É muito dificil um PM mandar outro PM para a parede, PM respeita muito outro PM e Policial Civil até mesmo Bombeiros Militar, mas outras classes é outra conversa!!!

      Excluir
  2. O certo seria isso mesmo, nos Estados e no DF, só fazem merda. Muitos são bons, policiais de verdade, cuidadosos, agora, a grande maioria só faz merda mesmo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é mais facíl os ''babás de preso'' acabarem, do que a PM acabar...

      Excluir
  3. Ninguem disse ser a favor ou contra nada! Apenas foi postada a noticia não entendo por que toda esta indgnação.Não e a primeira vez que vemos reportagens do tipo inclusive em outros blog policiais que por acaso caro colega a muitos praças que são favoraveis a desmilitarização das policias não a sua extinção, isso existe.Nós agentes em sua maioria vemos na Pm de MG um grande parcera. no que se refere a ao apoio ao combate a criminalidade sou amigo pessoal de. vários policiais militares,e. escuto sempre as suas indgnações sobre vários assuntos referentes a função.
    Estamos lutando sim pelo nosso reconhecimento,que penso ser muito benefico a todas as instituições inclusive a Pm, ou vc quer voltar a pagar castigo em muralhas como era antigamente...por tanto tenha respeito pra ser respeitado e reconheça o nosso valor.Porque este tipo de postura não vai nos levar a nada,ja temos todos muitas coisas que so existem pra nos ferrar ( corregedoria,descaso dos superiores etc.) enfim a união e respeito mutúo devem prevalecer. Abrcs a todos

    ResponderExcluir
  4. Monitoramento e rastreamento remoto do cérebro humano por satélite

    Os cérebros dos brasileiros estão sendo conectados à satélites para fins de tortura e assassinato e o governo continua ignorando os fatos. Essa tecnologia por satélite é controlada por uma rede global de criminosos, esses elementos adentram o cérebro humano 24 hs a conexão pode vir de várias pessoas ao mesmo tempo, leitura do córtex visual através da interface cérebro computador utilizando antenas de telefonia, satélite e o cérebro humano. Através dessa arma sonora é possível inserir sons, imagens e outros barulhos na cabeça do alvo com auxílio de ondas acústicas, vibracionais, ,sonoras de rádio frequência eletromagnética com o uso de implante ou assinatura cerebral. Os elementos que compõem o bando que estão ignorando às leis são formados por quadrilhas inteiras que estão usurpando estes corpos. O crime organizado utiliza essa tecnologia no tráfico de drogas e a gente, para fraudar concursos públicos e vestibular ou simplesmente para torturar pessoas. Enquanto às autoridades se preocupam com espionagem das ligações telefônicas e Internet a NSA Agência Nacional de Segurança dos EUA monitoram o cérebro humano de quem quiser e para piorar a situação essa tecnologia está em mãos de uma CORJA que utiliza para atormentar a vida de pessoas comuns que não fazem idéia de que isso exista. Leiam mais v2k technology, synthetic telepathy, voice to skull technology, nano implant brain radar, microwaves in remote neural monitoring, mind control an silent sound, mk ultra, gang stalking world, harassment attacks, target individual, Psycotronic weapons. Já existem inúmeras vítimas no nosso país isto está acontecendo no mundo todo. Recentemente foi aprovada uma lei nos EUA contra o uso de armas geofísicas climática e controle mental, gostaria de saber a opinião da população e autoridades brasileiras à respeito desse tipo de crime no país.

    ResponderExcluir