quinta-feira, 13 de junho de 2013

SINDASPES em Brasília – Relatório Porte de Arma: Derrubada do veto do PLC 087/11.


SINDASPES em Brasília – Relatório Porte de Arma
O SINDASPES relata como proveitosa a ida a Brasília para participar do protesto nacional contra o veto da presidente Dilma ao PLC 87/2011, organizado pela Federação Brasileira dos Servidores Penitenciários.
Representado o sindicato estavam o vice-presidente do SINDASPES, Denys Mascarenhas, e o advogado, Rafael Burini Zanol. O deputado estadual Gilsinho Lopes (PR) fez questão de ir a Brasília acompanhar o sindicato. Muito solicito, Gilsinho fez o possível e o impossível para levar os representantes do SINDASPES para se encontrarem com a bancada federal capixaba e com o governador do estado, Renato Casagrande, que também estava na capital federal.
Os representantes do SINDASPES e o deputado Gilsinho Lopes se encontraram primeiro com o Senador, Gim Argelo (PTB – DF), grande defensor no Senado do porte de arma nacional para os agentes penitenciários. Gim informou que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de conferir poderes o Congresso Nacional de analisar os vetos presidenciais, independente da ordem cronológica, vai agilizar a análise do veto ao PLC 87/2011.
Em seguida a comitiva do SINDASPES se encontrou com o deputado federal e criado da PLC 87/2011, Jair Bolsonaro (PP – RJ). No encontro o deputado também recebeu outros agentes sindicalistas de outros estados. O SINDASPES fez questão de agradecer ao deputado pela iniciativa e empenho em aprovar o projeto de lei.
A participação do deputado Gilsinho Lopes foi fundamental para os representantes do SINDASPES se encontrarem com a bancada capixaba no Congresso Nacional. A comitiva se reuniu com os deputados federais Lelo Coimbra (PMDB), Jorge Silva (PDT), Sueli Vidigal (PDT), Manato (PDT), Rose de Freitas (PMDB) e Paulo Foletto (PSB). Todos disseram ser favorável a derrubada do veto.
O governador Renato Casagrande esteve e Brasília para se reunir com o ministro dos transportes, Paulo Sérgio Passos. Casagrande convidou a comitiva do SINDASPES para participar da reunião.  Após o encontro, Denys relatou ao governador algumas situações que ocorrem no sistema penitenciário capixaba, fez revindicações e alguns agradecimentos. Casagrande demonstrou apoio a derrubada do veto ao PLC 87/2011 e disse que iria pedir um encontro entre o SINDASPES, o deputado estadual Gilsinho Lopes e o secretário de justiça para discutir o tema.

Senador Gim Argelo: grande defensor no Senado do PLC 87/2011. Ele informou que a decisão do STF de conferir poderes ao Congresso Nacional de analisar os vetos presidenciais, independente da ordem cronológica, vai agilizar a análise do veto.

Deputado federal Jair Bolsonaro: Criador do PLC 87/2011. O parlamentar luta incansavelmente para a aprovação do projeto. O SINDASPES parabeniza a batalha e coragem desse parlamentar.

Deputado federal Lelo Coimbra: apoia os interesses dos agentes penitenciários e reafirma o compromisso de derrubar o veto da presidente Dilma ao porte de arma nacional. Lelo ainda se colocou a disposição para ajudar as causas da categoria capixaba junto ao governo do estado.

Deputado federal Jorge Silva: firmou o compromisso em votar pela derrubada da PLC 87/2011.

Deputada federal Rose de Freitas: é totalmente a favor a derrubada do veto da presidente Dilma ao nosso porte de arma nacional.

Deputado federal Manato: se mostrou muito solicito aos anseios da categoria e firmou o compromisso de derrubar o veto presidente Dilma.

Deputado federal Paulo Foletto: afirmou votar pela derrubada do veto a PLC 87/2011, deixando claro que votaria com a indicação do deputado Gilsinho Lopes.
Deputada federal Sueli Vidigal: declarou apoio para derrubar o veto.
Governador Renato Casagrande: demonstrou apoio à derrubada do veto ao PLC 87/2011 e disse que iria pedir um encontro entre o SINDASPES, o deputado estadual Gilsinho Lopes e secretário de justiça para discutir o tema.
FONTE: SINDASP-ES.

Nenhum comentário:

Postar um comentário