quarta-feira, 17 de julho de 2013

Após receber a informação de que criminosos iriam tentar jogar sacolas com droga para dentro da cadeia, tocaia dá errado e PM atira em policial civil

Guilherme Batista - Redação Bonde


Um desencontro de informações entre as polícias Militar (PM) e Civil de Cornélio Procópio (norte pioneiro do Paraná) acabou com um policial civil baleado durante a noite desta terça-feira (16). De acordo com informações apuradas pelo Portal Bonde, uma equipe do 18.º Batalhão da PM teria armado uma tocaia nas proximidades do presídio de Cornélio após receber a informação de que criminosos iriam tentar jogar sacolas com droga para dentro da cadeia. 

Enquanto esperavam de tocaia pelos bandidos, os policiais militares teriam sido surpreendidos por dois policiais civis, que teriam ido ao local também com o objetivo de evitar que a droga fosse jogada para dentro do presídio. 

Um dos policiais militares, que seria de Uraí, teria se assustado com a presença dos civis armados e atirado contra um deles. O agente foi baleado quatro vezes. Três tiros acertaram as nádegas e o outro atingiu a região cervical do homem. 

O policial civil foi atendido por socorristas do Siate e encaminhado para a Santa Casa de Cornélio Procópio. De acordo com informações do hospital, o estado de saúde do oficial é estável e ele não corre risco de morte. O policial também deve passar por uma cirurgia. 

Procurada pelo Bonde, a Polícia Militar de Cornélio Procópio evitou passar detalhes do ocorrido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário