sexta-feira, 19 de julho de 2013

Diretor do Depen recebe líderes sindicais do sistema penitenciário no próximo dia 24 em Brasília

Em um esforço concentrado, presidentes de sindicatos que integram a Federação Nacional dos Servidores Penitenciários (Fenaspen) e a Federação Brasíleira dos Servidores Penitenciários (Febraspen) irão se reunir em Brasília, no próximo dia 24, às 9h, com o diretor do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça (Depen/MJ), Augusto Rossini.

Na pauta, assuntos ligados à categoria em todo o Brasil, mas principalmente sobre o projeto vetado pela presidente Dilma que autoriza o porte de arma fora de serviço para os agentes penitenciários e a defesa pela criação da Polícia Penal nos estados, que tramita no Congresso Nacional por meio da Proposta de Emenda Constitucional n. 308/2004.

O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Socioeducadores, Técnicos Penitenciários e Agentes Administrativos Penitenciários de Rondônia (Singeperon), Anderson Pereira, foi um dos articuladores que garantiu a reunião. “Esse encontro será uma importante ocasião para buscarmos mais valorização e mostrar alternativas para melhorar a carreira dos servidores penitenciários e o próprio sistema prisional”, destacou.

“Esta é a hora de todos os representantes estaduais unirem forças para concentrarmos nos objetivos comuns”, ressaltou Anderson Pereira em convocação aos demais líderes sindicais.

Acampados pelo porte de arma

Desde o último dia 02 de junho, agentes penitenciários de todo o Brasil estão acampados em frente ao Congresso em protesto ao veto da presidente Dilma ao projeto n. 87/11, que trata do porte de arma fora de serviço.

Cerca de 20 agentes de Rondônia, juntamente com o presidente do Singeperon, também participaram do movimento na semana passada, unindo forças em busca da derrubada do veto. no Legislativo federal.
Fonte: Singeperon

Nenhum comentário:

Postar um comentário