terça-feira, 2 de julho de 2013

Tenente é morto e agente penitenciário fica ferido após mal entendido em ocorrência


Izabel Barrizon, repórter do GD
Tenente da Polícia Militar de 26 anos foi morto em troca de tiros com um agente penitenciário após um mal entendido sobre uma ocorrência de tentativa de estupro em Tangará da Serra (239 km a médio-norte de Cuiabá), na noite de domingo (30).
Rádio Pioneira

Tenente Salomão Fernandes Ferreira Piovesan
Segundo a Polícia Militar do município, o agente penitenciário Aparecido Oscar de Souza, 40, passava por uma rua quando ouviu gritos de socorro vindos de uma casa em construção, no bairro Jardim Tarumã.
Armado, o agente foi até a casa e se deparou com um jovem tentando estuprar uma moça. Ele rendeu o suspeito A.D.P, 19 e quando saia do local, o tenente Salomão Fernandes Ferreira Piovesan, 26, que foi informado por populares sobre os gritos e que morava nas redondezas, apareceu e rendeu os 2.
Eles não se conheciam e o local estava muito escuro, eles discutiram rapidamente e ambos sacaram as armas e atiraram. O tenente foi baleado no tórax e o agente penitenciário nas pernas. O tenente ainda tentou pedir socorro, mas morreu a caminho do hospital.
O agente foi internado no hospital de Tangará e transferido para Cuiabá. O jovem suspeito de estupro fugiu na confusão, mas foi pego mais tarde e encaminhado para a delegacia do município.
Corpo do tenente é velado em Cuiabá e deve ser transladado para Goiás, no final da tarde desta segunda-feira (1), onde vivem familiares. Ele era casado e não tinha filhos.
Acompanhe o GD também pelo Twitter: @portalgazeta

Nenhum comentário:

Postar um comentário