sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Agentes denunciam problemas em presídio de Montes Claros

Carros entram nas dependências da penitenciária sem vistorias. 
Secretaria de Estado diz que vai apurar denúncias.

Do G1 Grande Minas

As denúncias partiram de agentes que trabalham no Presídio Alvorada em Montes Claros (Foto: Henrique Corrêa/G1)Denúncias partiram de agentes que trabalham no Presídio Alvorada em Montes Claros (Foto: Henrique Corrêa/G1)











Agentes penitenciários que trabalham no presidio Alvorada, em Montes Claros (MG), denunciam várias irregularidades praticadas por outros agentes e pela direção da penitenciária. Entre os problemas pontados está um banco de horas paralelo.
“O ponto é rasurado sem problema algum. Assinam como se tivesse trabalhado sem ter ido lá. Tudo isso sabendo que não vai haver punição alguma”, diz um agente que prefere não se identificar.
Preso lava moto de um funcionário do presídio (Foto: Reprodução)
Preso lava moto de um funcionário do
presídio (Foto: Arquivo Pessoal)
Em imagens gravadas é possível ver alguns dos problemas existentes no presídio. Alguns agentes dormem durante o horário de trabalho. Testemunhas que denunciam as irregularidades registraram também um preso lavando uma moto que seria de um dos diretores do presídio.
Segundos os denunciantes, disparos de arma de fogo também são efetuados sem necessidade nas dependências da prisão. “Os disparos de armas de fogo são constantes. Já houve reclamações sobre isso ao diretor, mas a situação ainda não foi solucionada. Brincam com armas o tempo todo, sem medir as consequências”, afirma uma testemunha.
Eles denunciaram ainda que carros particulares entrariam sem vistoria no pátio da penitenciária. Agentes ainda seriam ameaçados ao questionarem tal situação. “Todas as vezes que tentamos ajudar, eles ameaçam como se nós estivéssemos levando os problemas. Falam que vão nos transferir para Francisco Sá, caso não fiquemos quietos”, conta outro agente.
Agente dorme durante o serviço no presídio (Foto: Reprodução)
Agente dorme durante o serviço no
presídio (Foto: Arquivo Pessoal)
As denúncias sobre o que ocorre no Presídio de Alvorada foram encaminhadas ao Ministério Público, segundo a advogada Alexandra Ferreira, há cerca de quatro meses. “Uma denuncia foi feita. Várias tentativas foram feitas para saber o andamento da situação, mas não tivemos resposta”, diz.
A advogada afirma ainda que a corregedoria da Secretaria de Estado de Defesa Social foi procurada. “A nossa resposta é que eles poderiam tomar providência mediante resposta do Ministério Público. Mas sabemos que os dois órgãos são autônomos e podem agir independentemente”, afirma Alexandra.
O Ministério Público informou por meio de sua assessoria que não vai se pronunciar sobre o assunto.
Secretaria de Estado de Defesa Social analisa denúncias
Sobre as denúncias apresentadas, a Secretaria de Estado de Defesa Social informou ao G1 Grande Minas que está levantando informações preliminares para tomar as medidas necessárias. A Secretaria ressaltou que o Presídio Alvorada recebe periodicamente visitas do Centro de Controle de Zoonoses Municipal, além de contar com uma equipe de faxina da própria unidade prisional, que trabalha diariamente com material específico para limpeza pesada.
Já sobre os horários dos servidores, segundo a secretaria, todos são registrados em ponto, de acordo com a jornada de trabalho estabelecida. “Informamos ainda que os 134 presos, que atualmente estão na unidade prisional, têm direito a saída temporária e para trabalhos externos (albergados) devidamente autorizados pela Justiça”.

Quanto a possíveis disparos de armas dentro da unidade prisional, de acordo com o órgão não há registros de situações deste porte dentro do presídio.

FONTE: G1

22 comentários:

  1. E agora, José?
    A festa acabou,
    a luz apagou,
    o povo sumiu,
    a noite esfriou,
    e agora, José?
    e agora, você?
    você que é sem nome,
    que zomba dos outros,
    você que faz versos,
    que ama, protesta?
    e agora, José?

    Está sem mulher,
    está sem discurso,
    está sem carinho,
    já não pode beber,
    já não pode fumar,
    cuspir já não pode,
    a noite esfriou,
    o dia não veio,
    o bonde não veio,
    o riso não veio
    não veio a utopia
    e tudo acabou
    e tudo fugiu
    e tudo mofou,
    e agora, José?

    E agora, José?
    Sua doce palavra,
    seu instante de febre,
    sua gula e jejum,
    sua biblioteca,
    sua lavra de ouro,
    seu terno de vidro,
    sua incoerência,
    seu ódio - e agora?

    Com a chave na mão
    quer abrir a porta,
    não existe porta;
    quer morrer no mar,
    mas o mar secou;
    quer ir para Minas,
    Minas não há mais.
    José, e agora?

    Se você gritasse,
    se você gemesse,
    se você tocasse
    a valsa vienense,
    se você dormisse,
    se você cansasse,
    se você morresse...
    Mas você não morre,
    você é duro, José!

    Sozinho no escuro
    qual bicho-do-mato,
    sem teogonia,
    sem parede nua
    para se encostar,
    sem cavalo preto
    que fuja a galope,
    você marcha, José!
    José, para onde?

    ResponderExcluir
  2. KKKKKKKKKKKKKKKKK É LINDO DIMAIS TUDO ISSOOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  3. tem muito mais, isso é só a ponta do iceberg, existe uma verdadeira máfia no Alvorada onde a manteiga é só para os protegidos dos diretores e coordenadores frouxos e sem nenhum preparo.

    ResponderExcluir
  4. SÓ HÁ UMA SOLUÇÃO,OUVIDORIA NO MANTEIGÃO,PODE VIR OUVIDORIAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  5. os responsáveis da SEDS estão esperando acontecer uma calamidade para depois agirem?

    ResponderExcluir
  6. deu bicho no goiabão e tá derretendo o manteigão kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. eu conheço essa moto!!!! ê fraudão para qual presídio irá agora?

    ResponderExcluir
  8. tartaruga e agressivo da hemorroida ficaram ótimos na filmagem!faltou so a noiva do thuck! kkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. tartaruga e agressivo! pq ninguém quer vcs em nenhum plantão do alvoradinha??????

    ResponderExcluir
  10. quem são tartaruga e agressivo? kkkkk de qual concurso?

    ResponderExcluir
  11. Eita vei doido e merendinha só na atuação, parabéns, ninguém desconfia??????

    ResponderExcluir
  12. aiaiiii merendinha o seu tá guardado,caguete.

    ResponderExcluir
  13. Dois idiotas, um deles vai responder pela entrada da caneta com câmera que ele carregava e pelas divulgações das imagens isto é falta administrava, sabiam?

    ResponderExcluir
  14. Como já conhecemos os dois desonestos e sabemos que não seguram B.O e são traíra estamos esperando o momento de um começar entregar o outro

    ResponderExcluir
  15. Tartaruga e agressivo da hemorroida estão até hj gritando pelo tiro que deram no pé na sexta -feira aaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii só o abaixo assinado com pedido de retratação para inter tv já tem mais de 60 assinaturas

    ResponderExcluir
  16. Nobre colega Guerreiro, sei que nesse blog você também tem influencias, assim como esse tem no seu, pois o que é publicado em um, logo está publicado no outro, mas isso não vem ao caso agora. Fico impressionado como você reluta em dizer que é representante da classe aqui no Norte de Minas, que luta em prol dos guardas, pura mentira, você gosta mesmo é de baderna, sua cara, denuncias sem apurações ser exibidas em uma emissora local até entendo, eles vivem disso, ai você pegar foto de colega em seu momento de descanso e postar como se o guarda em questão tivesse cometido o maior erro do mundo, será se você não pensou que esse guarda seria um contribuinte da sua Associação? Se o guarda fosse flagrado com drogas, celulares para entregar para ladrão ai sim estaríamos todos apoiando você, agora você não deve ter pensado nisso, todo mundo nem lembra mais de imagem que viu na tv, agora esta do colega no seus blogs todos tem acesso e não esquecem. Penso que mais errado que descansar nos poucos minutos que o guarda tem de almoço é trancar Famae em cofre de viatura com o ladrão dentro, ficar escondendo atrás de chacotas em mural de blog, isso sim é errado, feio, acorda cara, você não representa ninguém não, desse jeito você não alcança seu sonho que é ser Diretor Prisional. Fica a dica viu colega.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso que o colega Corleone seria um representante da classe na assembleia por tanta disposição e luta que vem mostrando a frente do sistema prisional ,mas enquanto sua imagem estiver vinculada ao Alexandre Guerreiro no norte de Minas está descredibilizado

      Excluir
  17. dr. hemorroidas do rego me empresta o celular umas 3 vezes já é o bastante pra eu ligar pra minha família.pode ser ou ta difícil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pede tb para Tartaruga dinheiro emprestado que ele subtraiu da conta da sua mãe falecida antes que le tenha que devolver p os irmãos que movem um processo conta ele ladrãooooooooooooooooooooooooo

      Excluir
    2. Pede tb para Tartaruga dinheiro emprestado que ele subtraiu da conta da sua mãe falecida antes que le tenha que devolver p os irmãos que movem um processo conta ele ladrãooooooooooooooooooooooooo

      Excluir
  18. É caros colegas, é bastante complicado trabalhar com pessoas com esse caráter, que se esconde em uma denuncia infundada, entregando o próprio colega que ele estava cobrindo na hora do almoço. Quem escreve no mural achando que ele estava certo imagina se este fosse o seu companheiro de posto, só esperando você descansar para te fotografar. Mais errado que o nobre colega que estava descansando no horário de almoço, de 15 a 30 minutos, é levar câmera para dentro do presídio esperando como covarde o momento de te ferrar.
    E a você Guerreiro e Corleone, que está divulgando estas notícias não irão ter apoio nenhum do pessoal do norte de minas, no Alvorada todos estamos contra a infelicidade destes dois denunciantes, basta ligar aqui e conversar com alguém.
    Aproveitando a oportunidade Corleone vê se seu moderador do Mural coloque notícias respeitando nossos colegas do PRALV, sem chacotas e apelidinhos tolos.
    Por fim,saibam a todos que no PRALV todos somos unidos, temos nossas diferenças, como em todos locais de trabalho, mas resolvemos internamente. A maioria não apoiou em nenhum momento a reportagem acima.

    ResponderExcluir
  19. Essa reportagem serviu para mostra nossa união, que aumentou mais após ela.
    Todos estamos indignados.

    ResponderExcluir