domingo, 27 de outubro de 2013

CHACINA:Cinco são mortos em festa de boas-vindas para ex-detento na RMBH.

Conforme uma das vítimas, cinco homens encapuzados chegaram ao local e efetuaram os disparos; a suspeita é de ligação com tráfico de droga.

PUBLICADO EM 27/10/13 - 08h51
Cinco pessoas morreram e uma ficou ferida durante um churrasco na madrugada deste domingo (27), no bairro Sevilha, em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte. A festa comemorava a volta para casa de Claubert Pereira da Silva, de 28 anos, libertado da prisão na última sexta-feira (25).
 
Quando a Polícia Militar (PM) chegou ao local, na rua Uberaba, encontrou todas as vítimas caídas no quintal. Conforme o relato de uma jovem ferida, cinco homens encapuzados chegaram até a casa da família e efetuaram diversos disparos. Ainda segundo a PM, a suspeita é que o crime esteja ligado a um acerto de contas do tráfico de droga.
 
Os irmãos Claubert, Clóvis Pereira da Silva, 25, e Wellington Pereira da Silva; Luiz Fernando Santos Souza,18; Warlisson Eustáquio do Carmo, 25; morreram no local. Gabriela Marcelino, 25, foi socorrida com pelo menos quatro tiros e levada pelo militares, consciente, para o Hospital São Judas Tadeu, na cidade.
 
O ocorrência foi encerrada na delegacia de Neves. Ninguém foi preso até o momento.
 
Dia triste
 
Para Maria Luzia Pereira da Silva, 55, mãe de Claubert, o domingo foi um dia triste. "Eles arrombaram o portão com um chute e acabaram com minha família. Tinha cinco filhos, agora são só dois. É triste ver um filho seu todo ensanguentado". Um pastor evangélico esteve no local e fez orações com familiares e amigos, muito emocionados.
 
 
BH
Ainda na madrugada deste domingo, um homem foi encontrado morto na rua Santa Tereza, no bairro Saudade, região Leste da capital.
 
Thiago Antero do Nascimento levou oito tiros, e, segundo o relato de familiares à PM, a vítima teria recebido ameaças de morte nos últimos dias, motivo que o teria levado a se mudar de endereço.
 
No Caiçaras, região Noroeste, Leonardo Augusto de Matos, 24, também foi morto a tiros.
Conforme os militares, a vítima apresentava perfurações na cabeça, pescoço, braço, quadril e joelho.
 
Autoria e motivação para os dois casos são desconhecidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário