quinta-feira, 24 de outubro de 2013

DENÚNCIA ENVIADA SOBRE O CONCURSO

Dados do Manifestante
Nome:  Anônimo
Tipo Pessoa:  Pessoa Física
Manifestação no.: 93258102013-3
Origem:  Ouvidoria do Ministério Público de Minas Gerais
Data de Entrada:  21/10/2013 - 18:59:00
Município da ocorrência: 
Objetivo: 
Forma de resposta:  INTERNET
Forma de contato:  INTERNET
Manter sigilo sobre
os dados pessoais:  NÃO
Pessoas ou estabelecimento envolvido:  SEDS
Testemunhas ou pessoas que possam ajudar
no esclarecimento dos fatos:  SEDS
Texto da Manifestação
Boa-noite senhor ouvidor venho aqui representar minha repúdio contra a SEDS/SEPLAG, referente ao concurso em andamento para o cargo de agente de segurança penitenciário, que é uma vergonha para administração pública, onde a secretaria abre processo seletivo a rodo sem nenhuma fiscalização contratando agente penitenciários todos os dias conforme o página do Diário Oficial (em anexo), sendo que há quatro meses não da sequer o resultado da quarta etapa do concurso , estas situações tem que ser fiscalizados rigorosamente por esta egrégia casa, pois estas contratações estão virando uma válvula de escape para que a secretaria não promova concurso e nem dê a real atenção para o concurso em vigência, pois é notório que a SEDS/SEPLAG estão atrasando o concurso providêncialmente por motivo de companhas eleitorais para fazer markenting no ano de 2014 devido as eleições e enganando os candidatos que estudaram pagaram suas inscrições e foram aprovados no concurso e não tem o direito de concorrer ao cargo decentemente pois o edital em vigência não possui cronograma ou seja estamos a ver navios pois dependemos da boa vontade da SEDS, em que se diga de passagem os processos seletivos possuem cronogramas e as mesmas etapas de um concurso podem consultar no site www.seds.mg.gov.br em processos seletivos e verão a realidade. Todos os dias tem contratações publicadas no diário, não podemos aceitar que nossos direitos sejam feridos por interesses políticos ou pessoais e que um edital seja lançado sem a fiscalização devida, e que a secretaria deixe o concurso de lado para optar pela contratação justificando a carência de servidor pois os processos possuem as mesmas etapas e o tempo de duração é o mesmo, por isso peço em nome de todos os candidatos que se encontram no concurso 03/2012 esperançosos com a possibilidade de pleitiar um a cargo público, que esta casa barre tais contratações obrigando a administração a cumprir com o concurso dando prosseguimento o mais rápido possível das etapas do certame garantindo um direito constitucional do cidadão de pleitiar um cargo, estes contratos administrativos são um câncer na administração e devem ser regularizados e que o excesso nas contratações pode ocasionar vários fatores negativos a administração, como a perda de qualidade do serviço a efetivação indevida de funcionários, corrupção e muito mais, vamos fazer uma administração pública com todos os princípios que a norteia, a qualidade do serviço público eliminando tais fatores que contribui e muito com isso, por isso peço que:

-seja exigido um cronograma com a previsão das etapas do concurso.
- a suspensão imediata das contratações , haja vista que o concurso tem prioridade.
- E a porcentagem de excedente que serão chamados para última etapa do certame.

Termos em que em nome de todos os candidatos ,

peço providências

6 comentários:

  1. realmente, sou asp contratado e desanimo do sistema com essas atitudes do estado

    ResponderExcluir
  2. esse concurso esta mesmo uma vergonha,nao tem data de merda nenhuma, essa seds nao ta nem ai . pior concurso de 2012,2013. bagunca total

    ResponderExcluir
  3. Concordo totalmente com o comentário hora mencionado o resultado não sai nunca e o que fizeram para calar a boca dos candidatos foi publicar o cronograma da escolinha sem sequer ter finalizado a 4ª etapa e muito menos ter iniciado a 5ª ou seja completamente desproporcional do que foi estabelecido no edital mesmo que não tenha cronograma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou começando a achar que vai melar essa porra, tudo por causa das eleições de 2014, e o pior é que estou desempregado e contava com esse emprego.

      Excluir