quinta-feira, 21 de novembro de 2013

INFORMAÇÃO SOBRE CONCURSO POSTADA NO FACEBOOK

Turma boa, boa tarde!
Espero que estejam todos bem, pois tenho uma notícia que alegrará mais ainda o restante do dia, da semana, do mês de vocês...

Liguei na Inteligência da SEDS hoje, e falei com uma distinta senhora, ou de repente senhorita, que me disse, claramente, que: TODOS OS QUE FORAM CONTRAINDICADOS PELA "CERTIDÃO DA LETRA G" IRÃO VOLTAR PARA O CONCURSO... DISSE TAMBÉM QUE A CERTIDÃO, EM ALGUNS CASOS SÓ FOI SOLICITADA NOVAMENTE POR PRAXE, UMA VEZ QUE EM ALGUNS CERTAMES ANTERIORES HOUVERAM ALGUMAS INFORMAÇÕES DESENCONTRADAS.
ELA ME PEDIU TAMBÉM QUE DIFUNDISSE A INFORMAÇÃO PARA OS MEUS AMIGOS QUE ESTÃO NA MESMA SITUAÇÃO, QUE TODOS NÓS "FICÁSSEMOS FRIOS", POIS IRÍAMOS VOLTAR!

Sim, o último detalhe, pois sei que muitos irão começar a perguntar quem foi esse "fonte", dai eu digo logo que foi a Sra. Layla, Superintendente de Inteligência, e Responsável direta por essa fase do Certame!

Graças a Deus por isso, nosso Deus é poderoso, e aos que O honram, Ele honrará!
Em breve estaremos de volta, ou melhor dizendo, continuamos dentro, pois de fato NUNCA SAÍMOS!

Abraços à todos!
Fiquem na paz... 

4 comentários:

  1. Se esta informação sobre o concurso for verdade, acaba com a credibilidade da instituição, pois para um bom entendedor, não teria lógica existir a fase de "investigação social", pois já bastou o recurso do recurso , só faltava mais essa, creio que esta instituição é seria, e que não chegaria nesse ponto de não exigir pessoas capacitadas em todos os sentidos e principalmente pessoas idôneas. Acho que a SEDS não chegaria nesse ponto.
    Sei que a opinião é minha, mas não acredito nesta postagem. (minha opinião)

    ResponderExcluir
  2. Realmente a informaçao e absurda, eu tbm acredito que a SEDS e uma instituiçao seria, e se trata de um concurso para exercer cargos de grande seriedade, competencia, e acima de tudo responsabilidade, caso contrario nao haveria de ter acontecido o concurso publico, nao acredito que a instiutiçao iria aceitar tamanha negligencia.

    ResponderExcluir