quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

AGENTES PRISIONAIS SOFREM ATENTADOS.



CDP Taubate (Foto: Divulgação/Justiça)29/01/2014 09h39 - Atualizado em 29/01/2014 09h39

Agente penitenciário sofre tentativa de homicídio em Taubaté, SP.

VÍTIMA ESTAVA COM O FILHO DE DOIS ANOS QUANDO FOI ABORDADA PELO SUSPEITO.
HOMEM DISPAROU CONTRA O VEÍCULO E FUGIU; NINGUÉM FICOU FERIDO.

Do G1 Vale do Paraíba e Região
Um ex-detento do Centro de Detenção Provisória de Taubaté tentou matar na noite de terça-feira (28) um agente penitenciário da unidade. A vítima, de 45 anos de idade,  chegava em casa com o filho de dois anos quando teve o carro atingido por uma bala.
A polícia informou que o agente e o filho não foram feridos. O crime aconteceu por volta das 18h30 no bairro Jardim Santa Catarina. Ainda segundo a polícia, o autor do crime chegou de moto perto do carro da vítima, que o reconheceu do presídio. 
O disparo atingiu o para-brisa do veículo. O autor do tiro conseguiu fugir do local. O caso foi registrado como tentativa de homicídio e será investigado pela Polícia Civil.
FONTE:http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2014/01/agente-penitenciario-sofre-tentativa-de-homicidio-em-taubate-sp.html
23/01/2014 19h06 - Atualizado em 23/01/2014 19h16

Agente penitenciário é ferido por detento em presídio de Piraquara.

AGRESSÃO ACONTECEU NESTA QUINTA-FEIRA (23) DEPOIS DO BANHO DE SOL.
SERVIDOR TEVE UM CORTE NA CABEÇA; PRESO FOI LEVADO PARA O ISOLAMENTO.


Um agente penitenciário foi ferido na cabeça, nesta quinta-feira (23), por um preso na Penitenciária Estadual de Piraquara II (Pep II), na Região Metropolitana de Curitiba. De acordo com a Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju), o detento agrediu o servidor com um bocal de lâmpada ao chegar à cela após o banho de sol, por volta das 17h30. Logo depois da agressão, o preso foi dominado por outros agentes que estavam no local. Ele foi encaminhado para o isolamento, onde pode ficar por até um mês.
O agente penitenciário foi levado para um hospital e passa bem. Segundo a Seju, o corte foi superficial. Ele vai registrar um boletim de ocorrência na Delegacia de Piraquara, e o preso responderá por agressão, ainda conforme a secretaria.
Novas vagas
Nesta quinta-feira, o governador Beto Richa (PSDB) assinou, em Curitiba, contratos com quatro empresas para as obras de construção de novas cadeias públicas em Campo Mourão, Guaíra e Piraquara, de Centros de Integração Social de Piraquara e Foz do Iguaçu I e da ampliação da Penitenciária Estadual de Ponta Grossa.
Segundo o governo estadual, essas são as seis primeiras obras de um conjunto de 20 unidades prisionais a serem construídas ou ampliadas no Paraná. O governo informou que os contratos para as demais obras serão assinados nos próximos dias.
Serão abertas, no total, mais 6.670 vagas no sistema prisional. Seis cadeias públicas vão ser construídas, com 2.292 vagas para presos provisórios; assim como seis novos Centros de Integração Social, com 1.296 vagas para presos de regime semiaberto, além da  ampliação de oito unidades, que abrirá 3.082 vagas para o regime fechado. 
Celulares, algemas e drogas foram encontrados na vistoria (Foto: Polícia Militar / Divulgação)Celulares, algemas e drogas foram encontrados na vistoria
de terça-feira (21) na Pep I e na PCE (Foto: Polícia Militar /
Divulgação)
Vistoria
Drogas, dois celulares e quatro algemas foram encontrados em uma vistoria realizada na  Penitenciária Estadual de Piraquara I (Pep I) e na Penitenciária Central do Estado (PCE), que também fica em Piraquara, na terça-feira (21), de acordo com a polícia Militar (PM). Ainda foram encontrados chaves mixas e estoques, que são materiais cortantes criados pelos presos. A polícia não informou a quantidade de droga apreendida, apenas que era maconha e crack.
Tentativa de resgate
Na madrugada de segunda-feira (20), uma das guaritas da Penitenciária Estadual de Piraquara I foi atingida por tiros em uma tentativa de resgate de presos, segundo a Polícia Militar. Policiais controlaram a situação e apreenderam munição de diferentes calibres.
Motins
No dia 16 de janeiro, terminaram dois motins em Curitiba e Região Metropolitana. Em Piraquara,após 16 horas na condição de refém, um agente penitenciário foi liberado pelos presos da Penitenciária Central do Estado. Eles exigiram, e conseguiram, ser transferidos para cidades do interior do estado.
Já no Centro de Regime Semiaberto Feminino de Curitiba, presas fizeram reféns duas agentes. Elas tinham algumas reivindicações quanto à entrada de sacolas levadas por famílias e pedem assessoria jurídica e médica.
Problemas
Apesar de a secretária de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Paraná (Seju), Maria Tereza Uille Gomes, ter ido a São Luis, capital do Maranhão, para auxiliar na resolução da crise pela qual passa o estado nordestino, o sistema penitenciário do Paraná é cenário de motins e denúncias de falta de condições de trabalho e ameaças aos agentes penitenciários.
Tanto que, agentes penitenciários de Londrina, Maringá, Foz do Iguaçu, Ponta Grossa e Piraquarafizeram uma manifestação Complexo Penal de Piraquara, no dia 15 de janeiro, pedindo a diminuição do número de detentos nos presídios, além da contratação de mais agentes, médicos e psicólogos para atender os presos.
FONTE:http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2014/01/agente-penitenciario-e-ferido-por-detento-em-presidio-de-piraquara.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário