sábado, 15 de fevereiro de 2014

Detento é liberado por engano


TIMÓTEO – O preso Wesley Alves da Silva, 25 anos, foi solto por engano do presídio de Timóteo, na noite de quinta-feira (13). O detento foi liberado no lugar de Wesley de Paula e Silva, que tinha conseguido um alvará de soltura. 

A ordem foi cumprida equivocadamente por um inspetor da unidade prisional. Segundo o próprio funcionário, os agentes penitenciários teriam confundido os nomes. Ao receber o documento de soltura, Wesley Alves assinou o alvará e foi embora. O equívoco só foi percebido algum tempo depois. 

No fim da tarde desta sexta-feira a assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS) informou que o preso liberado por engano teria sido recapturado. Já Wesley de Paula, que recebeu corretamente o alvará de soltura, foi libertado ainda na noite de quinta-feira (13). Ainda conforme a repartição, uma sindicância será aberta para apurar as responsabilidades pelo ocorrido. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário