sábado, 8 de fevereiro de 2014

Ministério da Justiça, preocupado com segurança em presídios, recruta mais servidores. Escola Superior de Justiça colabora.

Os presídios federais recebem os presos mais temidos de todo o país. Beira-Mar, “Marcinho VP”, os revoltosos de Pedrinhas e outros detentos de alta periculosidade são recolhidos nos presídios federais, que além de ter segurança máxima conta com pessoal altamente qualificado.
Para reforçar a equipe de Agentes Penitenciários Federais o Ministério da Justiça, através do Departamento Penitenciário Federal, contratou mais 120 agente em concorrido concurso público.O treinamento começa no corrente mês de fevereiro e palestrantes nacionais de diversas categorias – psicólogos, médicos, promotores de justiça, delegados federais, juízes, e os próprios agentes penitenciários federais veteranos – se reúnem para ministrar a mais sólida preparação no curso formação.
A ESJUS, Escola Superior de Justiça, sempre envolvida com as causas sociais e preocupada com a mais elevada formação profissional e intelectual do público brasileiro, participa patrocinando a viagem de dois palestrantes do Ministério Público argentino, o doutor Javier Baños e a doutora Florencia Policarpi.
                                     depen   joaquim-miranda

Enviado por Yuata Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário