sexta-feira, 4 de abril de 2014




Armas desaparecem do depósito do 



Complexo de Gericinó, no Rio


Secretaria de Administração Penitenciária investiga o caso.
Informações foram divulgadas pelo Jornal O Dia nesta sexta-feira (4).

Do G1 Rio
26 comentários
Três presidiários fugiram do Complexo Penitenciário de Gericinó; um foi recapturado (Foto: Reprodução/ TV Globo)Seap investiga sumiço de 250 armas do Complexo
Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio
(Foto: Reprodução/ TV Globo)
A Secretaria de Administração Penitenciária abriu processo administrativo disciplinar para investigar o desaparecimento de 250 armas do depósito do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio. A informação foi confirmada pelo órgão.
O sumiço das armas foi divulgado pelo Jornal O Dia nesta sexta-feira (4). Segundo a reportagem, as armas faziam parte do depósito bélico do Complexo do Gericinó, onde estão os detentos classificados como mais perigosos e eram destinadas aos agentes que atuam no esquema de segurança dos presídios. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário