sexta-feira, 23 de maio de 2014

Sebastião Uchôa enfrenta Edinho Lobão e não deve cair da Sejap




Data da publicação: 16/05/2014
Tamanho da 
fonte 
 
Aumentar fonte    Diminuir fonte


Sebastião Uchôa enfrenta Edinho Lobão e não deve cair da Sejap



 
 
uchoaSebastião Uchôa faz preces para continuar na Sejap
Quem pensou que a governadora Roseana Sarney poderia simplesmente acatar o pedido do suplente de senador e pré-candidato a governador Edinho Lobão, para exonerar Sebastião Uchôa, da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária, naturalmente não sabia da força que o pior administrador penitenciário do país, tem no campo politico bem afinado com o Palácio dos Leões e os grandes empresários que prestam serviços terceirizados para o Sistema Penitenciário do Maranhão. Estrategicamente, Sebastião Uchôa está bem recatado, mas continua dando as cartas dentro da pasta com bastante dedicação para a liberação dos pagamentos das empresas que prestam serviços a todos os segmentos da secretaria. Há quem afirme que não será desta vez que Roseana Sarney deverá se livrar do seu Secretário de Justiça e Administração Penitenciária, e que Edinho Lobão, não terá outra opção, a não serincorporar à sua campanha, os desgastes das fugas, assassinatos, corrupção, e até mesmo barbáries iminentes no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, a exemplo do que vem sendo aceito com muita resignação pela governadora.
           As três fugas de presos registradas ontem na Penitenciária de Pedrinhas foram absorvidas normalmente, muito embora tenha sido a nona do ano e 37 pessoas escaparam no presente exercício. Os números estariam dentro das previsões.
           Sebastião Uchôa é professor das academias da Policia Militar e da Policia Civil e é especialista em crime organizado e inteligência e pasmem, tem curso de gerenciamento de crise. Apesar da sua extensa titulação, não conseguiu aplicar nada dentro do Sistema Penitenciário, muito pelo contrário, destruiu totalmente a estrutura que existia, enveredando decisivamente pelo caminho da corrupção com serviços terceirizados sem a mínima qualificação com valores superfaturados. Constituiu-se em um detrator da categoria de agentes e inspetores penitenciários, sem nunca ter provado qualquer acusação verberadas com propósitos para justificar os seus interesses claros pela corrupção, com a garantia do Palácio dos Leões. Ele firmou um contrato mensal de 1,5 milhão de reais, com a empresa Gestor Serviços, para garantir empregos para 294 profissionais ligados a políticos e gestores públicos, com salários entre um mil e quinhentos e sete mil reais. A sua aplicabilidade no exercício da corrupção dentro da Sejap, conforme levantamentos feitos pelo Movimento Auditores Unidos Contra a Corrupção, que inclusive registrou e lamentou a demasiada omissão do Ministério Público para todas as praticas lesivas aos cofres públicos.
          No Complexo de Pedrinhas, mais precisamente na área da Casa de Detenção, inventaram jogos de futebol à noite, em que rolam drogas e bebidas, e que apesar das advertências da segurança interna de que se constituem em riscos iminentes para barbáries, a diversão está correndo frouxo e há quem afirme que se trata de um trabalho de “ressocialização”, com orientações de dentro da Sejap.

FONTE: BLOG DO ALDIR DANTAS

2 comentários:

  1. É, Minas tem um Sistema Prisional muito bem estruturado, diante do resto do País. Isto é inegável.... pena que a SUAPI, tá cheia de mercenários que se vendem para quem pagar mais em qualquer lugar, aqui ou em outro ente federativo... Seguuuuraaaaaaaaaaaaaaa peãooooooooooooooooooooooo... Tá achando que terra do Sarney é esta gozolândia aqui... Corrupção lá é mato e o povo lá gosta é de arrancar cabeças... vai bobo...

    ResponderExcluir
  2. mestre graveteiro.......LEITão Almenara.....não vão aquentar....o sistema prisional de Maranhão....

    ResponderExcluir