sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Governador confirma reajuste salarial de 6,5% para o funcionalismo em Minas.


 por Editoria de web em Jornalismo / Atualizado 

FONTE:RÁDIO ITATIAIA.

Os servidores públicos do estado terão um reajuste salarial de 6,5% a partir de janeiro de 2015. Quem garante é o governador Alberto Pinto Coelho, que participou nesta sexta-feira da solenidade de instalação da 19ª Região Integrada de Segurança Pública, em Sete Lagoas, na Região Central de Minas. 
O governador também falou sobre o prêmio de produtividade, que, segundo ele, será dividido em duas etapas – uma em 2014 e outra no ano que vem.
“Vai ter o reajuste, recompondo o fator inflacionário. Portanto, o governo tem condições de fazer este avanço legítimo e inteiramente legal. O aumento se dará a partir de janeiro”, afirmou Alberto Pinto Coelho.
Sobre o prêmio de produtividade, o governador foi vago e não especificou quais categorias serão contempladas.  “O prêmio de produtividade decorre do resultado alcançado. As categorias que alcançam o resultado e fazem jus terão o recebimento, e dentro do que preceitua a lei. Algumas categorias ou uma categoria no próprio ano e as outras categorias no ano seguinte. É assim que se procede ao longo do tempo”, disse. 
Ouça a entrevista de Alberto Pinto Coelho à repórter Mônica Miranda:

Governador confirma reajuste salarial de 6,5% para o funcionalismo em Minas
Music-icon
Jornalismo


OUÇA O(S) AUDIO(S) DESTA NOTÍCIA:

Governador confirma reajuste salarial de 6,5% para o funcionalismo em Minas

4 comentários:

  1. Governo falso cheio de gente arrogante, ja caiu um mourão sem educaçao e vao cair mais so o pimentel colocar o pezinho no palacio e a caneta vai comer.

    ResponderExcluir
  2. Mas esse aumento vai abranger também a segurança publica?E os outros aumentos escalonados previsto pra PM,PC,BM,e agentes penitenciarios e socio educativo,muda alguma coisa?????

    ResponderExcluir
  3. A classe da segurança publica fica de fora uma vez que dezembro e abril seremos beneficiados

    ResponderExcluir
  4. Não seremos contemplados, pois temos reajuste programado para Abril / 2015.

    ResponderExcluir