sábado, 24 de janeiro de 2015

CRISE HÍDRICA: ALERTA AS PENITENCIÁRIAS E PRESÍDIOS

Sistema prisional do Sudeste está em alerta e deve adotar medidas emergenciais para garantir o abastecimento de água nas unidades prisionais.
falta de agua
Manutenções
Muitas unidades tem problemas na rede de distribuição hidráulica, os principais são: Vazamentos, bombas de poços queimados e entupimentos.
Aumento de Gastos
Com a falta de água estimasse que o estado terá um prejuízo milionário, nas UP o principal motivo será a contratação de  caminhões pipa para garantir a necessidade das unidades e as manutenções.
Racionamento
Várias unidades do estado já trabalham com racionamento de água. Mais o racionamento nas unidades não serão suficientes para suprir as necessidades. As unidades de grande porte poderão ter o problema agravado.
Crise / Motim
Falta de água foi fator determinante para motins em vários estados do País e não será diferente na região sudeste se os gestores não adotarem estratégias e se atentarem as medidas pontuais de cada unidade.
CRÉDITOS: JUSCELINO MAKTUB

3 comentários:

  1. Pra lavar viaturas o dia todo tem água...

    ResponderExcluir
  2. é estranho porque aqui no vale do aço o preso pode gastar agua a vontade, que os diretores bunda mole tem medo de perder seus cargos mediocres.Visitas intimas os presos gastam agua das 19 as 07 da manha no outro dia e nos otarios pagamos motel para vagabundos

    ResponderExcluir
  3. sistema penoso,comedia pura.

    ResponderExcluir