sábado, 24 de janeiro de 2015

Presídio Regional de Montes Claros é interditado pela Justiça de MG

TJMG/CONSULTA POR NÚMERO/ACÃO CIVIL PÚBLICA



Superlotação do local foi um dos motivos da interdição.  (Foto: Alexandre Fonseca/ G1)Superlotação do local foi um dos motivos da interdição. (Foto: Alexandre Fonseca/ G1)
Por ordem da Justiça de Minas Gerais, o Presídio Regional de Montes Claros, Norte de Minas, localizado no Bairro Jaraguá II, na Avenida Antônio de Freitas, foi interditado nessa sexta-feira (23). A decisão determina que não serão mais aceitos presos no local devido a superlotação.

Com capacidade para 592 detentos, o local abriga 1.035 presos; e 300 deles são de outras regiões. O pedido da interdição foi realizado pela Pastoral Carcerária, Defensoria e Ministério Público que também denunciou problemas com assistência médica e abastecimento de água.
Obras de ampliação estão sendo realizadas no presídio.  (Foto: Alexandre Fonseca/ G1)Obras de ampliação estão sendo realizadas no
presídio. (Foto: Alexandre Fonseca/ G1)
Em nota, a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) informou que recebeu a notificação da Justiça para interditar o Presídio Regional de Montes Claros e que está cumprindo a determinação. Os presos que seriam encaminhados para o presídio, irão para unidades da região. A nova gestão da Seds informa, ainda, que está tomando conhecimento dos procedimentos, ações, programas e melhorias que precisam ser realizadas no sistema prisional.

De acordo com o delegado Giovani Siervi, os trabalhos da Polícia Civil em Montes Claros não serão alterados. "Nós entendemos no sentido que a própria Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) compareceria na Delegacia de Plantão e levaria os presos autuados até o estabelecimento prisional mais próximo administrado por ela", diz o delegado após ser notificado da decisão na última sexta-feira (23)

Nenhum comentário:

Postar um comentário