quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

SINDGUARDAS-MG SE REÚNE COM SECRETÁRIO DE DEFESA SOCIAL.

Reunião com Secretário de Defesa Social Bernardo Santana e subsecretário Rodrigo Teixeira é marcada como marco histórico na relação institucional para representação da categoria de Guardas Municipais do Estado de Minas Gerais.

Em virtude da grave crise e temerosa ruptura institucional provocada pelo episódio fatídico e ação lastimável de policiais que arrebataram um preso das mãos de uma equipe de guardas municipais de Belo horizonte,momento em que esta 
 realizava uma ação de combate ao transporte clandestino, agravada pelo fato de um dos militares ter disparado um tiro de bala de borracha contra o rosto da GM Lilian Emiliano de oliveira, que ficou gravemente ferida; fato este, causador de grande perplexidade e estranheza que da monta de fatos a serem investigados, quanto a possível associação de policiais a atividades criminosas, demanda esta que solicitamos que seja encaminhada para apuração das autoridades públicas.
Afim de colaborar de forma oportuna e sensivelmente necessária, pautamos ao ilustre Secretário as seguintes reivindicações:
1-Solicitamos a Inserção das guardas municipais no sistema de Registros de Eventos de Defesa Social- REDS, em virtude da LEI 13022 de 08 de Agosto de 2014, que determina que as Guardas Municipais devam prender qualquer cidadão em atitude conflituosa, criminosa e em desacordo com as leis, encaminhando este diretamente a autoridade policial (delegado de polícia)
2- Solicitamos junto a esta Secretária a viabilização de convênio entre SEDS e PBH para a prática de treinamento complementar de tiros, em unidades das forças de segurança a preferir por Acadepol ou Suapi em face do cumprimento de pré requisitos para liberação de porte armas aos guardas municipais de belo Horizonte.
Compondo a mesa o Secretário de Defesa Social Bernardo Santana , o secretário de Estado Adjunto de Defesa Social, Rodrigo de Melo e o subsecretário de Promoção da Qualidade e Integração do Sistema Integrado de Defesa Social, Maurício A. Santos, Deputado Lincoln Portela o Presidente do SINDGUARDAS-MG Pedro Bueno e executiva, o representante do sindicato dos servidores de Belo Horizonte Israel Arimar,e um membro da comissão de guardas SINDIBEL.
Nosso Lider partidário Deputado Lincoln Portela construindo caminho para inserção das Guardas Municipais de Minas no Registro de Eventos de Defesa Social - REDS.

FONTE: SINDGUARDAS-MGhttps://www.facebook.com/pedro.bueno.942
MAIS:

GUARDA MUNICIPAL

Secretário da defesa social de Minas se reúne com o Sindbel

Os dois principais pontos do encontro foram a relação da corporação com a Policia Militar e a necessidade dos agentes terem acesso ao REDS

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
PUBLICADO EM 22/01/15 - 19h55
Foi realizada na tarde desta quinta-feira(22) uma reunião entre representantes do Sindibel e a Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS), onde foi discutida a relação entre a Guarda Municipal de Belo Horizonte (GMBH) e a Polícia Militar. Representando o governo estadual, estiveram presentes o secretário de Estado de Defesa Social, Bernardo Santana, o secretário de Estado Adjunto de Defesa Social, Rodrigo de Melo e o subsecretário de Promoção da Qualidade e Integração do Sistema Integrado de Defesa Social, Maurício A. Santos.

Segundo a entidade sindical, foi solicitada uma averiguação sobre o que ocorreu no dia 16 de janeiro, quando uma agente da GMBH foi atingida no rosto por um tiro de bala de borracha durante uma discussão entre membros da Guarda Municipal e PMs.
O Sindibel alegou que o fato foi um fato isolado, mas destacou a necessidade de se realizar um trabalho para que as intuições tenham uma boa relação.
O ponto principal da reunião foi o pedido de liberação do acesso para preenchimento do Registro de Eventos de Defesa Social (REDS) para os membros da Guarda Municipal. Os representantes do governo informaram que irão agir dentro dos parâmetros estabelecidos pela Lei Federal 13022/1, que regula o funcionamento das Guardas Municipais.
O posicionamento da SEDS foi de total abertura para viabilizar o que for necessário, dentro de sua governabilidade, para o cumprimento da Lei Federal 13022/14 (Estatuto Nacional das Guardas Municipais).
FONTE:http://www.otempo.com.br/cidades/secret%C3%A1rio-da-defesa-social-de-minas-se-re%C3%BAne-com-o-sindbel-1.977890

 

Um comentário:

  1. Enquanto isso a suapi,continua caladinha,não cobra nada,não quer ser inserida no reds,não quer ter poder de policia,não quer ter respeito das outras forças,não quer nada;Penso eu que a unica coisa que a suapi quer é ficar na clandestinidade como sempre teve,como ja disse aqui filho bastardo não pode reinvidicar nada tem que esperar as migalhas dormidas do seu pão,lamentavel,falar nisso cade nosso deputado,não mostra a cara pra nada,não se esqueça viu companeiro daqui a quatro anos tem mais,mostra sua cara,começe a defender a classe,tem muito o que consertar,acho que quatro anos é pouco pra consertar tudo que ta errado viu.

    ResponderExcluir