sexta-feira, 20 de março de 2015

Ex-interventor prisional de Minas assume o sistema penitenciário do RN



Luiz Carlos Danúzio assume a vaga deixada por Leonardo Oliveira Freire. No Presídio Rogério Coutinho Madruga, assume o ex-diretor de Alcaçuz.
20/03/2015 08h15 - Atualizado em 20/03/2015 08h38
Do G1 RN
A Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte já tem um novo coordenador. Luiz Carlos Danúzio assume a vaga deixada por Leonardo Oliveira Freire de forma temporária. Contudo, segundo a assessoria de comunicação da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), a  nomeação de Danúzio pode se tornar definitiva a depender das ações que forem desenvolvidas. O sistema prisional potiguar viveu uma onda de rebeliões que durou oito dias e atingiu 14 das 33 unidades prisionais do estado.
O nome do novo coordenador da Coape foi publicado na edição desta sexta-feira (20) do Diário Oficial do Estado. 
Ex-interventor da Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) de Minas Gerais, Danúzio já foi diretor do Presídio Nelson Hungria, em Belo Horizonte. Foi nesta unidade que o ex-goleiro Bruno, que atuou pelo Flamengo, deu início ao cumprimento de 22 anos e 3 meses de reclusão pela morte da ex-amante Eliza Samudio. Hoje, Bruno encontra-se na Penitenciária de Segurança Máxima de Francisco Sá, no Norte de Minas Gerais.
Leonardo Freire entregou o pedido de exoneração na manhã da quinta-feira (19) à secretária interina da Sejuc, Kalina Leite. A saída, ainda segundo a assessoria, foi motivada por questões pessoais.
Na mesma edição do Diário Oficial, também foi publicada a exoneração de Osvaldo Júnior Rossato, que deixa a direção da Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta, na Grande Natal. Para o cargo, assume o agente penitenciário Ivo Freire dos Santos Rocha, que já foi diretor da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior unidade prisional do estado.



,

3 comentários:

  1. Podia ficar por lá e não voltar mais.

    ResponderExcluir
  2. Arruma vaga para os agentes contratados desempregado de MG, já estamos acostumados com a falta de compromisso e responsabilidade do Governo de MG. Uma vez agente sempre agente.

    ResponderExcluir