quinta-feira, 7 de maio de 2015

ISONOMIA SALARIA PM X PC



Tenho recebido várias indagações de colegas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros sobre a suposta possibilidade do Governo do Estado conceder um aumento salarial diferenciado ou exclusivo para a Polícia Civil em detrimento das corporações militares.

Em primeiro lugar é preciso reconhecer que a luta por melhores salários é um pleito justo de qualquer servidor.

No entanto é preciso relembrar que em 1997, a greve que culminou com a morte de um colega se iniciou justamente por um aumento diferenciado, e tomou as proporções que todos conhecemos.

Em nenhum momento ouvimos publicamente qualquer compromisso do Governador Fernando Pimentel de conceder aumentos diferenciados a Polícia Civil.

O ultimo aumento salarial concedido as categorias da segurança pública foi capitaneada pelos integrantes da Polícia Militar e alcançou a todos, mesmo tendo sido provocado pelos militares.

Esclarecemos aos colegas que nenhum governante em sã consciência faria uma loucura dessas, conceder um aumento para cerca de 10 mil servidores e desagradar outros 80 mil da mesma área.  E com certeza o Governador não fará isso.

Portanto quero tranqüilizar aos colegas que isso jamais acontecerá. Respeitamos a Policia Civil, mas entendemos que um tratamento salarial diferenciado causaria estragos de proporções incalculáveis e isso certamente colocaria nas ruas do soldado mais novo ao coronel mais antigo, cenário que não agradaria a ninguém.

Todo e qualquer aumento salarial discutido deverá ser extensivo a PM, BM, PC e SEDS.

Deputado CABO JULIO

2 comentários:

  1. Ultimo aumento foi 2011.. dividido em 4 anos..acabou agora...ta na hr da PM ameaçar greve para ter outro aumento. .

    ResponderExcluir
  2. puliça civil,piada de mal gosto,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir