domingo, 7 de junho de 2015

Presos se entregam

Por volta das cinco e meia da manhã se entregaram 15 presos e a informação é que todos agora estão se entregando. Não será necessário a invasão.

Há pelo menos quatro presos mortos e três armas no meio deles. A foto da cabeça de preso que está circulando a web não é desta rebelião.





6 comentários:

  1. Irmãos de classe, a realidade atual do Sistema Prisional é assustadora... Não obstante à superlotação que assola todo o Sistema, está faltando equipamento nas Unidades: equipamentos para contenção de distúrbio, rádios e até mesmo, luvas para procedimento.
    Infelizmente, a máxima utilizada por todos os Governos é a falta de recursos, reflexo de administrações anteriores. Mas até quando isto explicará o caos em que se encontram nossas Unidades Prisionais? Em que pese a falta de organização do Governo anterior, faz-se urgente a tomada de decisões na gestão atual para se sanar o complexo problema que se tornou o Sistema mineiro!!! É NECESSÁRIA A CRIAÇÃO IMEDIATA DE NOVAS VAGAS! Não se pode mais protelar a construção de novas Unidades. Existem Unidades que começaram a ser construídas e de repente tiveram as obras interrompidas. Se esta onda de rebeliões se espalhar, o que está ruim pode ainda ficar pior. AS CONDIÇÕES NÃO ESTÃO RUINS APENAS PARA OS PRESOS, ESTÁ TERRÍVEL TAMBÉM PARA O AGENTE.
    Trabalhar com a lotação muito além da capacidade é um estres constante e, muitas vezes, não se pode trabalhar com total segurança. Enquanto estes meliantes estiverem fazendo seus próprios familiares como reféns, está bom, mas e quando matarem nossos colegas de farda???
    Estou acompanhando um monte de lutas que a classe está travando por aí. Muito louvável. Mas e o legislativo? Quando vai partir pra maior das lutas que é a mudança destas Leis que passam a mão na cabeça de vagabundo? Destruíram a Unidade e não irão pagar um tostão! Se automaticamente já ganhassem uns cinco anos na pena e a família fosse obrigado a pagar tudo que foi destruído, garanto que rebelião ia virar lenda no Estado... E vou um pouco além....Vagabundo se cria onde a rédea é curta. Está na hora de reverem esta Lei de Execução Penal... As Unidades devem ter locais para isolamento de líderes negativos. Se o isolamento não disciplinar o detento , tem que ser transferido para, no mínimo, 300 km de sua terra natal. A luta contra a bandidagem é árdua mas alguém tem que começar e, mais importante, tem que ter CORAGEM para lutar... Se ficar só nesta de discurssinhos bonitos, passeatas, e outras baboseiras, nós, cidadãos de bem, estamos fadados ao fracasso. SRs Legisladores, a solução está nas mãos dos Srs... Infelizmente, somos conhecidos em todo o mundo pela corrupção política, pela malandragem...NÃO ACHAM QUE ESTÁ NA HORA DE MUDAR ESTA FAMA? Será que é este o País que queremos para nossos descendentes?
    Abraços!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não deve ser agente penitenciário, pois escreveu muitíssimo bem. O conteúdo e português estão perfeitos. Relatou a real situação do Sistema Prisional mineiro. Parabéns

      Excluir
    2. E você, é o quê?
      Com tanta arrogância, à ponto de pensar que no sistema não existem pessoas capazes de redigir um texto corretamente, imagino que seja um juiz, promotor ou o próprio professor Pasquale em pessoa...

      Excluir
    3. Irmão das 00:12, sou Agente Penitenciário desde 2002. Vivi as mazelas do contrato por quatro anos. Conheço uma realidade diferente de muitos que hoje, se lançam em debates vazios, entorpecidos por uma vaidade assustadora...a mesma vaidade que está destruindo nossa classe. Sou testemunha de um Sistema que evoluiu extraordinariamente em pouquíssimo tempo. Nem nos meu dias mais otimistas, em uma época em que você entrava para trabalhar com um pedaço de "roxinho", e não existia qualquer normatização para execução dos atuais "procedimentos", eu imaginaria que estaria portando hoje equipamentos à altura dos outros órgãos de Segurança Pública. Infelizmente, a maturidade profissional não evoluiu no mesmo ritmo... Se der uma olhada nos grupos das redes sociais ou mesmo nestes Blogs, você perceberá que nossa classe parece que não sabe o que quer... Lutaram por uma identidade, ganharam uma, e o que se vê??? Agentes reclamando porque não querem se barbear, outro acha que o Diretor é um ditador, aquele quer trabalhar apenas no setor tal, aquele outro reclama porque é convocado para uma reunião.... O QUE REALMENTE QUER NOSSA CLASSE????? Não quero levantar aqui nenhuma polemica não...quero apenas fazê-los pensar... Existem muitas situações que devem ser mudadas, mas acredito ainda na diplomacia. Se as normas não agradam, pois bem, ao invés de lançar críticas aos quatro ventos, vamos provocar a discussão em alto nível com os legisladores. Vamos mostrar para eles que são eles que devem respostas ao eleitor... QUANDO O LEGISLADOR LUTA POR ALGUMA CAUSA, ELE NÃO ESTÁ FAZENDO NADA MAIS E NADA MENOS DO QUE SEU DEVER CONSTITUCIONAL. Acostumou-se tano no Brasil, há ver político solapando os cofres públicos e aparecendo apenas em período eleitoral, que quando um aparece trabalhando, é como se um "mártir" surgisse na terra..
      Tenho certeza que você não quis desmerecer a classe. Acho que o anônimo das 11:09 pensou desta forma. Mas em um ponto, e interpretei desta forma sua colocação, tenho que concordar; é necessário que, se quisermos melhorar alguma coisa neste Sistema, é preciso que a cúpula comece a perceber que não está tratando com um "bando' de alienados ignorantes, "CARCEREIROS" que detém a chave da prisão. Temos que mostrar para eles que somos inteligentes, criativos, capazes e, principalmente, possuímos uma vontade gigantesca de mudar toda esta realidade que nos cerca atualmente.
      É hora de quebrarmos paradigmas. TER UMA IDENTIDADE, NÃO SIGNIFICA APENAS GANHAR UM UNIFORME OU UM PORTE DE ARMA, OU MESMO UMA FUNCIONAL. Isso qualquer um pode ter. Ter identidade para mim, é ter consciência do que somos e daquilo que somos. Não me interessa se julgam a todo momento meu trabalho. Tenho certeza absoluta, que para muitos que aí estão, não passamos de semianalfabetos, cuja atribuição profissional, qualquer um pode fazer....Pode ter certeza...tem muita gente que pensa desta forma....Mas aí é que me sinto superior. Porque de todos que pensam desta forma, uma parte é muito pior do que nós, outra sofre da famosa 'dor de cotovelo" e, por último, e acredito que seja a maioria, NEM DE PERTO CONHECEM NOSSO TRABALHO...Possuímos nervos de aço...SOMOS ÚNICOS... E isto deve ser nosso maior orgulho. Isto é consciência do que somos. Já parou pra pensar que somos uma força híbrida, capaz de realizar o trabalho das duas outras Instituições de Segurança estatal? Nosso dia a dia fala por si....
      Não devemos alimentar contendas no nosso meio. Isto nos enfraquece e nos faz parecer meninos incoerentes aos olhos da Administração. É HORA DE UNIRMOS EM PROL DE UM ÚNICO OBJETIVO... AMADURECER, para não perecer. Isto não é frase feita, mas a mais pura realidade.
      Forte abraço

      Excluir
  2. Suapi vc está colhendo o que plantou, esquece um pouco as resoluções para os agentes e comecem a tratar preso como preso. Luis superintendente vc é uma pessoa muito especial porém charlesnada que está atrapalhando seu serviço, foi expulso da ppp

    ResponderExcluir
  3. Excelente texto do Anônimo 7 de junho de 2015 10:59! A mais pura verdade!

    ResponderExcluir