terça-feira, 7 de julho de 2015

FALA DO DEPUTADO CABO JULIO


Publicado por Henrique Corleone · Agora mesmo · 
FALA DO DEP. CABO JÚLIO
Prezados Amigos,
Em razão das noticias divulgadas nas redes sociais sobre mudanças na SUAPI, esclareço que toda e qualquer mudança são de competência exclusiva do Governador do Estado Fernando Pimentel e do Secretário de Defesa Social Bernardo Santana.
Em um Estado com dimensões continentais como Minas Gerais e naturalmente com uma estrutura governamental proporcional ao seu tamanho é natural que mudanças ao longo do tempo aconteçam em varias áreas.
Portanto toda e qualquer mudança sempre tem um objetivo: agradecer aos que passaram pelo trabalho realizado e aprimoramento do sistema aos que chegam.
O Governo do Estado vem dando aos Servidores da SEDS um tratamento que nunca houve. Vários pleitos dos servidores estavam parados a anos:
1 - Terminamos o concurso 2012 que estava paralisado com a nomeação de TODOS os excedentes;
2 - Continuidade do Concurso 2013 de Agentes prisionais e socioeducativos que se arrastava desde 2013 e nem sequer havia no orçamento 2015 previsão de continuidade do certame,
3 - Aumento salarial dos administrativos que sempre ficaram de fora dos aumentos aos demais servidores e sua inclusão na Lei Orgânica a ser votada.
4 - Resolução da SEDS que permitiu que os servidores possam trabalhar mais próximos de casa.
5 - Resolução da SEDS para que os agentes nao sejam os únicos da estrutura do Estado a ser obrigado a apresentar notas fiscais comprovando os gastos com o abono fardamento. A PM, BM e PC nao exigia, só a Seds, e isso acabou.
6 - Aprovação de Projeto de Lei de autoria do Governador do Estado em regime de urgência prorrogando os contratos dos servidores.
7 - outros
Enfim, isso nunca aconteceu. Os servidores da SEDS sempre foram os "primos pobres" e agora terão a valorização que merecem.
Nosso agradecimento ao Governador e ao Secretario por começar a atender aos anseios da classe.
Bom dia a todos.
Deputado Cabo Julio
Vice Lider do Governo



Nenhum comentário:

Postar um comentário