quarta-feira, 22 de julho de 2015

DEPUTADO CABO JULIO SE REUNE COM SUBSECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA



O Deputado CABO JULIO, Vice-Líder do Governo se reuniu hoje com o novo Subsecretário de Administração Prisional
Edilson Ivair Costa para tratar de assuntos de interesse do sistema de defesa social.

Conheça os assuntos tratados:

TECAF: O tecaf foi paralisado porque a Polícia Federal tem um entendimento de que para o treinamento ser reconhecido é preciso um numero maior de tiros pelo agente. O Secretário Adjunto de Defesa Social
Dr. Rodrigo Melo Teixeira, que é Delegado da Polícia Federal está iniciando conversações com o Superintendente de Polícia Federal em Minas Gerais para solucionar o problema e demonstrar a necessidade de uma solução.

COMPRA DE ARMAS – Da mesma forma essa soluça independe da SEDS/SUAPI sendo indeferida por uma interpretação da Polícia Federal. O Secretário adjunto está a cargo dessa missão de demonstrar a Polícia Federal a extrema necessidade de uma mudança de interpretação que visa proteger a vida do agente que está exposto a risco de morte em razão de sua profissão, seja ele concursado ou contratado. Estão aguardando o Superintendente da PF retornar de férias para agendar a reunião.

PUBLICAÇÃO DO TCAF AOS AGENTES QUE JÁ FIZERAM O CURSO - 860 agentes que já haviam feito o TCAF e aguardam publicação. O Subsecretário encarregou seu chefe de gabinete Dr. Zuley de buscar as informações necessárias e solucionar o problema com a publicação dos que já estão aptos anteriormente.

CARTEIRA FUNCIONAL - Foram já confeccionadas 1200 carteiras funcionais, sendo que 740 agentes já foram treinados e aguardam a confecção. Uma vez solucionado o problema do TCAF vão por em dia todas as funcionais.A idéia é que cada agente tenha sua funcional.

LEI ORGÂNICA - Vão ser reiniciados os encontros nas sedes das RISPs na forma das reuniões já realizadas em Governador Valadares, Montes Claros e Juiz de Fora para que todos os servidores sejam prisionais, socioeducativos, administrativos, diretores, etc possam participar e dar sugestões. Ao final vamos enviar nossa proposta a SEDS e ALMG. Lá constarão de forma objetiva: direitos e deveres, promoção, carga horária definida em lei, progressão, concursos internos, etc

PROGRAMA LARES GERAIS - Formalização da portaria que permite ao agente ter acesso ao programa nos mesmo moldes da PM, BM e PC no caso de ameaças comprovadas e local de risco.

REFORMA EM PRESÍDIOS - O Deputado Cabo Julio disponibilizará cerca de R$ 1.000.000,00 (hum milhão de reais) em emendas para pequenas obras nos presídios, em especial para melhorar a qualidade dos locais de trabalhos dos agentes como guaritas e alojamentos.

AMAF – O Subsecretário foi informado que a AMAF, em fase final de regularização já tem cadastrados cerca de 13 mil servidores e cerca de 2 mil já assinaram inclusive o formulário modelo SEPLAG, e em breve será a maior entidade representativa de classe do sistema. O Secretario vai receber toda a diretoria da AMAF em uma visita, que tem o Deputado Cabo Julio como Presidente de Honra.

Esses foram os assuntos principais.

Deputado Cabo Julio

Vice-Lider do Governo

13 comentários:

  1. Vamos ficar alerta, hoje saiu no jornal super que a PM está treinando cerca de 230 policiais do batalhão de choque para intervenções em rebeliões e motins, não dá para entender temos o COPE, GIR, e GTI, não precisamos do choque. Há muitos anos a PM não toma conta de nossas ações coicidendencia ou não foi só o sub assumir que estão cogitando essa atrocidade de novo. Cadê os copianos nessa hora vocês vão ficar quietos? Espero que meu comentário seja publicado, que esse blog tenha democracia. Obrigado!

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente estou abismado com a P.F em achar que eles estao acima da lei. Como podem barrar compra de arma se ha uma lei federal nos dando direito? É muita prepotencia de um orgao que acha q esta acima da lei. Cabe ao estado demostrar sua força e a legalidade para tal.

    ResponderExcluir
  3. E quanto aos excedentes? Não vemos esse assunto em debate nenhum, ja que ja tiveram muitas reuniões, sera que o numero de vagas vai ser aumentado como no concurso passdo? Sera que convocarão os excedentes para o curso de formação e posse?

    ResponderExcluir
  4. E AS REMOÇÕES DOS AGENTES QUE NÃO TÊM CONDIÇÕES DE TRABALHAR EM UP'S

    ResponderExcluir
  5. Se a P.F ficar nessa de barrar compra de arma para os ASP é sò parar o sistema, pq nao vamos trabalhar armados e ir para casa desarmados.

    ResponderExcluir
  6. Se a P.F ficar nessa de barrar compra de arma para os ASP é sò parar o sistema, pq nao vamos trabalhar armados e ir para casa desarmados.

    ResponderExcluir
  7. Vocês estão preocupados com a policia federal e o choque tá fazendo treinamento de três meses para conter rebeliões e motins no sistema prisional. Absurdo, também pois eles não estão dando conta nem do serviço deles. Cadê o COPE nesta hora vão ficar quietos vão? Treinamentos intensivos de três meses sendo que o nosso curso do GIR foi de uma semana, e ai de quem der um tirinho de 12 no pavilhão. Absurdo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente.....é um absurdo o estado investir no treinamento de policiais para fazer o trabalho dos agentes penitenciarios.O correto seria dar esse treinamento de intervençoes para os agentes essa area é nossa...Quero ver se o comandante da pm deicharia um grupo de agentes fazer uma operaçao nos eu meio de trabalho isso é uma umilhaçao para nós agentes penitenciarios.Estao nos diminuindo achando que nao somos capazes de conter um motim ou rebeliao.Assim nossas condiçoes de trabalho nunca vao melhorar.E pra completa a policia federal fica nessa pouca vergonha de nao cumprir a lei inventando motivinhos pra nao liberar compra de armas de fogos para os guerreiro que trabalhao com a escoria da sociedade o dia ou noite toda e tem que ir embora desarmados.porque os pf nao andam desarmados entao?eles nem a cara de bandido vê e fica nessa de prejudica quem lida com essas pessoas a vida toda

      Excluir
    2. Enquanto não aprovar leis que realmente nos inclua de vez na segurança publica do país vai ser isso ai, políticos tentando arrancar nossos votos com migalhas, e, nós continuaremos sendo opção somente quando as coisas derem certo. Agora que a mídia tá em cima seria hora de mostrar a competência dos milhares de guerreiros do COPE, GIR outra instituição quer o centro das atenções. Sabemos que se eles for agir só vai dar merda não sabem lidar com indivíduo preso, estão acostumados a dar porrada em bandido, não conhecem o dia dia de carceragem e tampouco tem coragem de trabalhar em um pavilhão com dois mil presos.

      Excluir
  8. Policia federal não faz porra nem uma,a não ser apreender computadores.

    ResponderExcluir
  9. Poderiam mudar os incontáveis nomes que temos (Agente Penitenciário, Carcereiro, Inspetor Penitenciário, Agente de Segurança Penitenciária, etc) pra PC (Polícia Clandestina), afinal:

    Polícia Clandestina
    Usa viatura com cofre, sirene e giroflex, mas o CTB não considera viatura;
    Usa .40, colete balístico, fardamento, fuzil, calibre 12, mas não é considerado polícia;
    Não é do rol da segurança pública, mas, se fizer greve, decretam-na ilegal, pois é essencial à segurança pública;
    Não é da segurança pública, mas se o agente ou seu familiar for morto, o assassino responde por crime hediondo, como se tivesse matado um policial, tanto que agentes penitenciários são mortos por criminosos tanto quanto ou mais que policiais, já que o crime vê os agentes como polícia;
    Não pode advogar, apesar de não estar no rol da segurança pública da Constituição, pois a OAB considera ATIVIDADE POLICIAL essencial à segurança pública;
    Não está sequer na Constituição Federal;
    Somos a Polícia Clandestina!!!

    ResponderExcluir
  10. Sò acho que os Agentes Penitenciarios deveriam usar essas brechas em favor da classe pressionando assim o governo. Deveriam questionar na justiça ilegalidades de greve sob este tipo de argumento "segurança publica" , deveriam os ASPs formados em direito questionar na justiça o direito de advogar sob o argumento que nao pertencem a segurança publica e por ai vai . Usar as brechas da lei em beneficio da classe presdionando sempre o governo a se posicionar.

    ResponderExcluir
  11. Infelizmente enquanto não Colocarem um Servidor de carreira para comandar o sistema prisional vai ser essa bagunça sempre, o cara que é PM vira subsecretário por indicação politica e não tem experiência nenhuma com o sistema prisional, infelizmente de boa vontade o mundo é cheio, quero ver é ter competência para realizar as coisas, temos muitos e excelentes profissionais de carreira ai que poderiam somar e muito a frente da subsecretaria, correr atrás dos nossos direitos, como porte de armas, lei orgânica, qualificação e muitos mais. Infelizmente continuamos deixados de lado e ainda surgem essa agora de PM se intrometer no nosso trabalho e fazendo curso que deveria ser passado para os agentes, é uma humilhação isso. Enquanto a filosofia deles for essa nós vamos continuar do jeito que esta.

    ResponderExcluir