domingo, 13 de setembro de 2015

SUAPI - Porque ninguém fica lá?



Uma das áreas mais críticas do Estado é o sistema prisional. Muitos problemas e pouco dinheiro para solucioná-los seria um simplista resumo do problema.

Mas, o problema é muito maior que isso. Por muitos anos o sistema prisional foi renegado a segundo plano nas politicas públicas de Defesa Social.

Basta analisarmos que os gestores do sistema, a Suapi sempre teve como Subsecretário alguém de fora do sistema: professor, promotor, delegado ou coronel.

Pessoas que merecem nosso respeito por suas carreiras brilhantes "fora do sistema", nunca houve alguem de dentro.

Será que nos quase 10 mil agentes de carreira, muitos pós graduados, mestres e doutores não há ninguem competente?Os competentes são sempre os de fora?

Tente colocar no Comando da PM alguem de fora, ou até um coronel da reserva, ou na chefia da Policia Civil um Delegado aposentado. A reação seria imediata. Mas no sistema pode. Aliás, pode tudo.

Presidios super lotados, prédios insalubres para os presos e para os agentes são uma pequena amostra do abandono desta área ao longo dos anos.

Alguem que chega de fora gasta pelo menos 6 meses para conhecer pelo menos superficialmente o Sistema. Os dois ultimos não duraram nem o tempo de conhecerem o tamanho do problema de suas pastas.

A Polícia Militar, minha instituição de origem, é uma das organizações mais sérias e competentes que conheço em Minas Gerais. Mas lugar de coronel é na PM. Essa coronelização no Sistema é uma afronta aos servidores de lá.

Quer dizer que na Seds/Suapi são todos incompetentes e temos que buscar fora pessoas para gerirem o sistema?

Talvez por isso ninguem fica lá. Não é de lá, não conhece e se assusta com o tamanho do problema.

Um coronel acabou de sair da Suapi e agora vai entrar outro? Amanha vamos trocar todos os diretores de cadeias por coronéis também?

Se é assim, se não há competentes em todo o Sistema incorporem a Suapi no organograma da Polícia Militar, ou seja, militarizem os presídios.

A coronelizaćão do sistema é uma afronta aos agentes e ao Sistema.

De nada adianta novos presídios, viaturas novas e armamento se o menor dos princípios vem sendo violado: o respeito a carreira dos servidore da SEDS.

Escolham quem quiserem, a decisão é superiorissima, mas antes de olhar pra fora, olhem pra dentro e os senhores se assustarão com a quantidade de gente competente no Sistema.

Para reflexão.

Deputado Cabo Julio

4 comentários:

  1. Muito bem colocadas as palavras do sr. Deputado, que sejam acatadas pelo nosso secretário de segurança pública.

    ResponderExcluir
  2. Muito bem colocadas as palavras do nosso deputado, esperamos que seja acatada pelo no secretário segurança.

    ResponderExcluir
  3. Deputado, Nesse ultimo concurso entrou muita gente com uma boa formação academica (Engenheiros, Advogados) e com uma grande bagagem profissional, oriundos de cargos de confiança em grandes corporações, o proximo passo é aprovar a lei orgânica e como está sendo cobrado na PM e na PC o pré requisito de curso superior, isso fará um grande bem para o sistema como um todo, um outro ponto que observo é que atualmente infelizmente temos muitas pessoas acomodadas com o velho sistema, onde é perda de tempo se qualificar. Uma grande é evolução para o sistema seria transformar a SUAPI em uma secretária, precisamos deixar de ser uma subsecretaria onde todos mandam, os cargos de confiança nos presídios precisam ser exclusivamente para agentes de carreira (Diretores,Assessores,Coordenadores e Inspetores), somente assim teríamos um pensamento mais expansionista do que a visão arcaica baseada na chibata e no coronelismo.

    ResponderExcluir
  4. Falou tudo! Estamos sendo tratados como incapazes. Temos pessoas totalmente capacitada mais q nao sao dada a oportunidade de dureito. Capitaes e tenentes estao a frente de unidades prisionais a anos e nao querem sair das cadeiras q por direito nos pertence!!!

    ResponderExcluir