quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

O GOVERNO DO ESTADO ESTÁ “SACANEANDO” OS SERVIDORES? PORQUE O GOVERNO DE MINAS ESTÁ ATRASANDO OS SALÁRIOS?



Nos últimos dias a notícia do atraso no pagamento de salários caiu como uma bomba junto aos servidores públicos. Tenho sido questionado de todos os lados com as mais LEGITIMAS E JUSTAS perguntas, afinal, fui o único representante da nossa classe a apoiar o governo, e mais ainda, quem trabalha MERECE e tem o DIREITO de receber seu salário em dia. Vamos tentar entender juntos o que está acontecendo:

1 - POR QUE NO GOVERNO ANTERIOR O SALÁRIO NUNCA ATRASOU E AGORA ESTÁ ATRASANDO?
Por uma razão muito prática, o governo anterior todos os anos pegava dinheiro emprestado pra fechar o caixa. Minas Gerais é o 26º Estado mais endividado do país, só perdendo para o Rio Grande do Sul. Quase 13% da dívida mineira foi contraída em dólar, é só com o aumento da moeda ela aumentou quase 500 milhões. Em 2013 no penúltimo ano de governo, o Estado pegou 673 milhões de dólares emprestado do Banco do Brasil. DEIXARAM UMA BOMBA RELÓGIO.


2 - O SERVIDOR QUE NÃO TEM NADA A VER COM ISSO É QUE VAI PAGAR A CONTA?
Existem duas alternativas: ou não pagar as dívidas deixadas ou fazer novos empréstimos. Não pagar a dÍvida gera inadimplência e o Estado deixa de receber vários recursos o que poderia ser bem pior; já contrair novos empréstimos o Estado não pode, porque chegou no seu limite de endividamento. A solução é cortar despesas e tentar aumentar as receitas.


3 - HAVERÁ PARCELAMENTO DE SALÁRIOS?
O governador já deixou claro que isso não irá acontecer de forma nenhuma. O que está acontecendo é o atraso no pagamento, porque o caixa está sendo abastecido com pagamentos de IPVA e outros impostos que entram no caixa dia 10 junto com os recursos que o Estado recebe da União (FPE).


4 - A CRISE QUE O PAÍS ATRAVESSA TEM A VER COM ISSO?
Só o que o governo de Minas deixou de arrecadar com a diminuição de arrecadação mensal daria pra pagar uma folha que é de 3 bilhões por mês.


5 - COMO ASSIM, O GOVERNO NÃO DEVERIA TER SE PREPARADO PRA ISSO?
Ninguém poderia prever que o desemprego atingiria índices alarmantes. É um circulo vicioso, as empresas diminuem as vendas, o Estado diminui o volume de arrecadação de impostos, isso gera desemprego, e menos dinheiro no caixa.


6 - POR QUE O GOVERNO DIZ QUE RECEBEU O ESTADO COMO UMA BOMBA RELÓGIO? ISSO NÃO É PAPO FURADO?
Se fosse papo furado eu seria o primeiro a pular fora. Imagine uma pessoa que ganha 5 mil por mês de salário e gasta os mesmos 5 mil mensais para pagar suas contas. No mês seguinte recebe 5 mil de salário, mas sua dívida pulou para 10 mil. Como fechar essa conta? A dívida pública mineira é dividida em 41 contratos, sendo 25 deles com empresas brasileiras e outros 16 com entidades estrangeiras. Boa parte da dívida foi feita em dólar, e contraída entre 2012 e 2013, quando a moeda norte-americana era cotada próximo de R$ 2, hoje já passou de R$ 4, ou seja, a divida dobrou de tamanho, e arrecadação por outro lado, caiu.


7 - MAS COMO O GOVERNO ANTERIOR FAZIA PARA PAGAR NO QUINTO DIA ÚTIL?
Silenciosamente iam no caixa da Cemig, cujo maior acionista é o próprio Estado com 51% das ações e antecipavam recursos futuros do ICMS. Resultado: virou uma divida astronômica. Os acionistas privados deram o grito e em 2012, o Estado assinou contratos com o Banco Mundial (US$ 450 milhões) e com o Crédit Suisse (US$ 1,27 bilhão) para reduzir a dívida global com a companhia em R$ 2,2 bilhões. Um terceiro empréstimo firmado com a Agência Francesa de Desenvolvimento foi firmado em euro.  E TOMA MAIS DIVIDAS.


8 - QUANDO A GESTÃO ANTERIOR DEIXOU O GOVERNO ESTAVA TUDO EM DIA COM OS SERVIDORES?
Estava nada. Deram um calote em todo o funcionalismo deixando o pagamento da Produtividade 2013 e 2014 sem pagar. O governo atual já disse que assim que tiver dinheiro vai pagar. Na PM e CBM deixaram diárias, ajudas de custo sem pagar desde 2013. No sistema prisional um concurso se arrastava desde 2012. Era o caos, mas as propagandas milionárias escondiam isso. Existiam 497 obras paradas, inclusive de quarteis da PM. A Polícia Civil tem a metade do efetivo que deveria ter, ficou sucateada.


9 - E ESSA HISTÓRIA DE QUE O GOVERNO NÃO GOSTA DA PM?
No passado tivemos muito problemas com alguns setores do PT, principalmente nas questões ligadas aos Direitos Humanos. Mas os tempos são outros. As duas últimas parcelas do aumento, conquistado a força no governo anterior, foram pagas no governo atual. O 13º salário, que todo mundo dizia que iria atrasar foi pago impreterivelmente na data certa. Ontem foram entregues 63 novas viaturas ao Corpo de Bombeiros Militar, outros 100 veículos, já adquiridos, serão entregues à corporação ao longo do ano.


10 - O AUMENTO DE 101% NÃO FOI UMA DEMOSNTRAÇÃO DE QUE O GOVERNO ANTERIOR GOSTAVA DA SEGURANÇA?
Quem participou como eu ativamente das pressões sobre o governo anterior sabe a verdade. Foram muitas e muitas manifestações carregando caixões. No último aumento as entidades de classe gastaram R$ 512.000,00 (quinhentos e doze mil reais) em mobilização com ônibus e almoço pra tropa vir de todo o Estado. Nossa força fez o governo temer. Eles deram esse aumento com medo da tropa parar durante a copa, FOI A FORÇA DA NOSSA UNIÃO. Todas as Entidades se uniram COPM, AOPM, ASPRA, CSCS, ASCOBOM, CUME e UMMG. Foi nada de graça, nem por amor, foi a força.


11 - O QUE TEMOS QUE FAZER?
Obviamente que temos que pressionar, nossas contas não esperam. É uma situação que aflige a todos, inclusive ao governo. Ninguém atrasa o pagamento por prazer. Temos que mostrar nossa indignação e ficarmos unidos, entidades de classe e representantes. As entidades de classe estão fazendo o seu papel de nos representar, e isso significa mostrar a nossa indignação. Nossa união sempre foi a nossa força. Temos nossas diferenças, mas no que discordamos nos respeitamos, e no que concordamos nos unimos para lutar.


12 - EXISTE PROVEITO POLÍTICO NISSO?
O que me deixa perplexo é que algumas pessoas que se alardeiam a serem representantes de classe participaram desta bomba relógio (que um dia explodiria) e ficaram caladinhas. Agora se aproveitam da grave situação para cobrar o que não cobraram anteriormente. Vou dar um exemplo, o governo anterior se apropriou de 4 bilhões do FUNPEMG – Fundo de Previdência dos Servidores Civis e ficaram caladinhas. Diminuíram a obrigação do Estado com o IPSM de 20% para 16% e estas mesmas pessoas ficaram caladinhas. Em 01 de janeiro de 2015, 70% das viaturas do bombeiro estavam baixadas.


13 - COMO ASSIM?
2016 é ano de eleições municipais, e “alguns heróis”, querem colocar lenha na fogueira para serem candidatos a Prefeito, e assim usar a nossa instituição como trampolim. Gente que ficou 2015 inteiro tirando a paz da classe, dizendo que no primeiro mês do ano passado o salário já ia atrasar, que o 13 salários não sairia.


14 - E O CABO JULIO?
Eu estou no quinto mandato, quem me elege é a segurança pública. Nunca tive ajuda de nenhum governo para me eleger, pelo contrário, sempre fui oposição e perseguido. As minhas campanhas sempre foram as mais pobres na classe. As portas dos quartéis sempre estiveram fechadas pra mim. Eu não fui eleito por governo nenhum. Em 2004, quando eu era aliado do Governo do PSDB, eles me colocaram na parede dizendo pra escolher o meu lado. Eu escolhi a classe e fui para a oposição. ISSO É COERÊNCIA. Quando o Governador Pimentel me convidou para ser Vice Líder do Governo eu aceitei para poder ajudar a minha classe. Onde estou devo a Deus e a minha classe. Atualmente sou o único parlamentar Estadual que tem acesso direto a qualquer área do governo. Faço isso o dia todo atendendo demandas de nossos colegas.

 
Vamos nos manter unidos, pressionando. Podem ter certeza que vamos passar por isso. Isso vai passar. Temos muito a conquistar.

Deputado Cabo Julio
Vice-Líder do Governo

6 comentários:

  1. CB Júlio, não tem como defender o indefensável!

    ResponderExcluir
  2. O compromisso do PT é ajudar a "cumpanheirada"

    ResponderExcluir
  3. Sobre os comentarios: Falar menos e ter mais conhecimento.

    ResponderExcluir
  4. Menos opinião e mais conhecimento.

    ResponderExcluir
  5. Não da pra entender o governo,se realmente está sem dinheiro,pq q não exonera os funcionários contratados!!!

    ResponderExcluir
  6. Serviço público não é aquário,vamos acabar com esses peixes que temos,aí sim sobrará dinheiro para pagar o funcionalismo público.

    ResponderExcluir