quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

AGENTE PENITENCIÁRIO FAZ CURSO NO RIO DE JANEIRO

Agente Miller,  CERESPJF.








Curso ministrado pela CORE, Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro,  Esquadrão Anti Bombas.
Para se inscrever neste curso, o candidato tem que possuir um curso Operacional.
II CEBEX - Curso Básico de Explosivos.
Formatura foi último dia 29/01/2016.
Instituições participantes :
Além dos Agentes da CORE, agentes de outras Delegacias da polícia civil do RJ.
Participação:
BOPE RJ
BOPE BRASÍLIA
BOPE GOIÁS
CORE
Corpo de Bombeiros do RJ
Batalhão de Choque RJ
Batalhão Especiais de Cães RJ
Sistema Prisional MG - CerespJF.
O curso iniciou com 25 alunos,  porém somente 23 concluíram o curso.
Que teve solenidade cívica,  na Cidade da polícia Civil do RJ.
Com a presença de várias autoridades.
Os formandos receberam do Delegado, Diretor da CORE,  Dr. Rodrigo Oliveira,  o Breve, tornando - se Explosivista.  

6 comentários:

  1. O certame para preenchimento de vagas para agente penitênciario de 2013, vem se arrastando há mais de três anos.
    O sistema prisional conta com 60% de funcionários CONTRATADOS ingressos SEM TER FEITO CONCURSO PÚBLICO.
    Neste certame atual, foi comunicado que nenhum excedente será chamado.
    Entende-se que excedentes tem expectativa de direito, porém, quando há vagas ocupadas por CONTRATOS, essa expectativa passa ser um direito líquido e certo, haja vista que estão tirando a chance de ingresso no sistema de forma PROBA através do exigido pela CF de 1988 em seu artigo 41, onde o acesso se da através de provas ou provas e títulos.
    Forma contrária, caracteriza IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA.

    Considerando a Justiça deste Ministério, eu rogo que cite-se e cumpra-se a sua ordem que o certame comvoque os EXCEDENTES, sem ousar dar-lhes meras desculpas alegando crise financeira, uma vez que a substituição de contratos por concursado apto em todas as fases de concurso público é DEVER DO ESTADO.
    E assim espero providências do Ministério Público, que não envergonhe esse estado sendo omisso e para que possamos ainda ter o mínimo de orgulho de nos sentirmos Brasileiros.

    Peço que o MP faça o governo chamar TODOS OS EXCEDENTES DAS VAGAS DO CONCURSO,POIS HA VAGA A SER PREENCHIDA E PODE MUITO BEM APROVEITAR AQUELES QUE ESTÃO EM CONDIÇÕES LEGAIS (FIZERAM CONCURSO) PARA OCUPAR A VAGA DE FORMA LEGAL.

    ResponderExcluir
  2. O certame para preenchimento de vagas para agente penitênciario de 2013, vem se arrastando há mais de três anos.
    O sistema prisional conta com 60% de funcionários CONTRATADOS ingressos SEM TER FEITO CONCURSO PÚBLICO.
    Neste certame atual, foi comunicado que nenhum excedente será chamado.
    Entende-se que excedentes tem expectativa de direito, porém, quando há vagas ocupadas por CONTRATOS, essa expectativa passa ser um direito líquido e certo, haja vista que estão tirando a chance de ingresso no sistema de forma PROBA através do exigido pela CF de 1988 em seu artigo 41, onde o acesso se da através de provas ou provas e títulos.
    Forma contrária, caracteriza IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA.

    Considerando a Justiça deste Ministério, eu rogo que cite-se e cumpra-se a sua ordem que o certame comvoque os EXCEDENTES, sem ousar dar-lhes meras desculpas alegando crise financeira, uma vez que a substituição de contratos por concursado apto em todas as fases de concurso público é DEVER DO ESTADO.
    E assim espero providências do Ministério Público, que não envergonhe esse estado sendo omisso e para que possamos ainda ter o mínimo de orgulho de nos sentirmos Brasileiros.

    Peço que o MP faça o governo chamar TODOS OS EXCEDENTES DAS VAGAS DO CONCURSO,POIS HA VAGA A SER PREENCHIDA E PODE MUITO BEM APROVEITAR AQUELES QUE ESTÃO EM CONDIÇÕES LEGAIS (FIZERAM CONCURSO) PARA OCUPAR A VAGA DE FORMA LEGAL.

    ResponderExcluir
  3. O certame para preenchimento de vagas para agente penitênciario de 2013 mg, vem se arrastando há mais de três anos.
    O sistema prisional conta com 60% de funcionários CONTRATADOS ingressos SEM TER FEITO CONCURSO PÚBLICO.
    Neste certame atual, foi comunicado que nenhum excedente será chamado.
    Entende-se que excedentes tem expectativa de direito, porém, quando há vagas ocupadas por CONTRATOS, essa expectativa passa ser um direito líquido e certo, haja vista que estão tirando a chance de ingresso no sistema de forma PROBA através do exigido pela CF de 1988 em seu artigo 41, onde o acesso se da através de provas ou provas e títulos.
    Forma contrária, caracteriza IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA.

    Considerando a Justiça deste Ministério, eu rogo que cite-se e cumpra-se a sua ordem que o certame comvoque os EXCEDENTES, sem ousar dar-lhes meras desculpas alegando crise financeira, uma vez que a substituição de contratos por concursado apto em todas as fases de concurso público é DEVER DO ESTADO.
    E assim espero providências do Ministério Público, que não envergonhe esse estado sendo omisso e para que possamos ainda ter o mínimo de orgulho de nos sentirmos Brasileiros.

    Peço que o MP faça o governo chamar TODOS OS EXCEDENTES DAS VAGAS DO CONCURSO,POIS HA VAGA A SER PREENCHIDA E PODE MUITO BEM APROVEITAR AQUELES QUE ESTÃO EM CONDIÇÕES LEGAIS (FIZERAM CONCURSO) PARA OCUPAR A VAGA DE FORMA LEGAL.

    ResponderExcluir
  4. O certame para preenchimento de vagas para agente penitênciario de 2013 mg, vem se arrastando há mais de três anos.
    O sistema prisional conta com 60% de funcionários CONTRATADOS ingressos SEM TER FEITO CONCURSO PÚBLICO.
    Neste certame atual, foi comunicado que nenhum excedente será chamado.
    Entende-se que excedentes tem expectativa de direito, porém, quando há vagas ocupadas por CONTRATOS, essa expectativa passa ser um direito líquido e certo, haja vista que estão tirando a chance de ingresso no sistema de forma PROBA através do exigido pela CF de 1988 em seu artigo 41, onde o acesso se da através de provas ou provas e títulos.
    Forma contrária, caracteriza IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA.

    Considerando a Justiça deste Ministério, eu rogo que cite-se e cumpra-se a sua ordem que o certame comvoque os EXCEDENTES, sem ousar dar-lhes meras desculpas alegando crise financeira, uma vez que a substituição de contratos por concursado apto em todas as fases de concurso público é DEVER DO ESTADO.
    E assim espero providências do Ministério Público, que não envergonhe esse estado sendo omisso e para que possamos ainda ter o mínimo de orgulho de nos sentirmos Brasileiros.

    Peço que o MP faça o governo chamar TODOS OS EXCEDENTES DAS VAGAS DO CONCURSO,POIS HA VAGA A SER PREENCHIDA E PODE MUITO BEM APROVEITAR AQUELES QUE ESTÃO EM CONDIÇÕES LEGAIS (FIZERAM CONCURSO) PARA OCUPAR A VAGA DE FORMA LEGAL.

    ResponderExcluir
  5. Isso mesmo,tem que chamar os excedentes sem duvidas

    ResponderExcluir
  6. excedente
    adjetivo de dois gêneros
    1.
    que excede, que sobra; excessivo.
    2.
    adjetivo e substantivo de dois gêneros
    B
    diz-se de ou estudante que, apesar de aprovado em exame seletivo, não ingressa no curso para o qual foi qualificado por não ter conseguido uma das vagas, insuficientes para o total dos alunos aprovados.

    ResponderExcluir