sábado, 27 de fevereiro de 2016

REPORTAGEM DOS EXCEDENTES NA ALMG - LUTA PELA NOMEAÇÃO DE TODOS OS APROVADOS NO CONCURSO 2013 - ASP & ASE



6 comentários:

  1. O edital é claro em relação ao número de vagas. O governo chamou os excedentes dos excedentes do concurso de 2012 agora os candidatos pensam que virou obrigação do Governo fazer isso em todos os concursos. O negócio é estudar mais e passar bem colocados no próximo concurso!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns ao governador.se não está no número de vagas,não tem posse.Quando lemos o edital todos sabíamos que não chamaria excedentes.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns ao governador.se não está no número de vagas,não tem posse.Quando lemos o edital todos sabíamos que não chamaria excedentes.

    ResponderExcluir
  4. Pessoal, acho legítimo a reivindicação, porém considerando que o Edital é a Lei do concurso retifica-lo para atender uma parcela de candidatos o Estado faz se quizer. Os excedentes possuem expectativa de Direito e não o Direito líquido e certo de continuarem no certame. Continuem lutando!

    ResponderExcluir
  5. Quem não tem Direito líquido e certo de continuar são os contratados,pois a investidura em cargo público se dá por concurso.Quem irá definir isso meu amigo,será o MP!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir