sexta-feira, 11 de março de 2016

PARTE DA REFORMA ADMINISTRATIVA CHEGA HOJE NA ALMG.


Veja o áudio acima.
Enviada a sete chaves, a reforma agora será discutida amplamente pelos Deputados.
Deputado Cabo Júlio já se comprometeu a não abrir mão dos servidores Socioeducativos. Ele pretende manter eles na pasta da Secretaria do Sistema Prisional.
Com a reforma, sete órgãos serão extintos, o que irá gerar uma economia de um bilhão ao ano.
Esta será a segunda reforma administrativa promovida por Pimentel desde que assumiu a gestão do Estado. Na primeira, criou quatro pastas e retirou o status de primeiro escalão de outras três. Serão extintos cargos comissionados de diversos órgãos e extinção de outros.
Com a reforma, O Sistema Prisional passa a contar com um investimento que pode vir a ser o dobro do que recebe hoje. O objetivo desta autonomia é para que o Sistema receba mais orçamento. Isto quer dizer, um dinheiro a mais que poderá ir para “assunções de novas unidades e construção de outras mais”, aumento do efetivo de servidores, gasolina, enfim, qualquer que seja a área que houver mais investimento no sistema, sem dúvidas será muito bem vindo pois afeta diretamente as atividades dos servidores.
Com esta criação, o ideal é criar as unidades prisionais na LEI, inclusive uma lei delimitando o quantitativo de Agentes como a PM fez este ano. Pois assim, não corremos o risco de ter desfalques como vem ocorrendo, do quantitativo de Agentes no Estado.
Henrique Corleone

Nenhum comentário:

Postar um comentário