segunda-feira, 13 de junho de 2016

Sindicato dos agentes penitenciários e Estado fazem acordo



Decisão | 13.06.2016
Renata Caldeiraaudiência GambogiA audiência de conciliação foi presidida pelo desembargador Luís Carlos Gambogi, da 1ª Seção Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG)
O Sindicato dos Agentes Penitenciários de Segurança do Estado de Minas Gerais (Sindasp) e o Estado de Minas Gerais chegaram a um acordo em audiência de conciliação realizada nesta segunda feira, 13 de junho. A audiência foi presidida pelo desembargador Luís Carlos Gambogi, da 1ª Seção Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), relator da ação civil em que o Estado pedia a declaração de ilegalidade da greve convocada pelo sindicado na semana passada.


O termo de acordo abrange oito pontos. Ficou acordado que o Estado pagará o abono fardamento aos agentes penitenciários na folha de junho com crédito em julho/2016. “O Estado manterá tratamento isonômico aos agentes penitenciários e à Polícia Civil”, afirmou o assessor de Relações Sindicais da Secretaria de Planejamento e Gestão Carlos Calazans.


Quanto à reposição salarial 2015 e 2016 e o parcelamento de salários, ficou definido que estas questões serão discutidas pelo Estado, pois são pleitos de todos os servidores, não podendo ser mudados por categoria.


Também foram objeto do acordo a criação de um grupo de trabalho para estudar, em até 90 dias, a elaboração de uma lei orgânica e a previsão de aposentadoria especial para a categoria; a limitação da carga horária a no máximo 14,66 plantões por mês, que deve ser implantada a partir de julho deste ano; a elaboração de cronograma de nomeação e posse do concurso de 2013, cuja homologação deve ocorrer até novembro deste ano; um treinamento com arma de fogo (TCAF) para os agentes penitenciários a ser oferecido pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds); e a confecção de novas carteiras funcionais.

12 comentários:

  1. Gente....Me fala uma coisa ....Como é que com aquele tanto de guarda na reunião, deixaram aprovar essa porra de 14,.... sei lá quantos plantões, pelamordedeus, só podia tá todo mundo bêbado em aceitar uma porcaria dessas....Há não, sem mais comentários.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite caríssimos colegas ,gostaria de deixar minha opinião pessoal sobre os 14,66 plantões por mês; Pois bem , se fizermos uma conta simples que é 14,66 x 12 horas vai dar um resultado de 176,32 horas por mês ,isso não é nem de longe aquilo que deveria ser que são 160 h ( pois no entendimento geral o mês é constituído de 4 semanas , pelo almenos é o que aprendi em toda minha vida) se temos de trabalhar 40 h semanais ,o resultado de 160 "seria" mais que lógico , e francamente acho que uma lei orgânica que se preze deveria ser bem claro o valor de 160 e não um numero com dizima que alguns colegas nem se darão o trabalho de fazer esta conta . Espero que diante deste fato, que os senhores e senhoras Agentes de Segurança Penitenciário usem o poder do questionamento e raciocínio para que se chegue a conclusão neste caso estaremos trocando 6 por meia dúzia . Pensem !!!!! um abraço.

    ResponderExcluir
  3. BOM DIA! NÃO ENTENDI A QUESTÃO DE 14,66 PLANTÕES POR MÊS, ESSA ESCALA ABSURDA JÁ E USADA HOJE, QUAL FOI O GANHO NESTA QUESTÃO??? PIADA ISSO.

    ResponderExcluir
  4. Propostas evasivas! Nada de novo. O sindicato amarelou!!!

    ResponderExcluir
  5. que bom parabens a todos pela vitoria

    ResponderExcluir
  6. alguns ficam so aguardando melhoria sem lutas sao os covardes do sistema

    ResponderExcluir
  7. So uma pergunta;O sindicato não teria que levar este termo de acordo ao conhecimento de toda a classe antes de fechar qualquer acordo com o governo?Sinceramente não estou vendo grandes avanços não.

    ResponderExcluir
  8. FAMOSO ACORDO CARACU,O ESTADO ENTROU COM A CARA E NOS..........

    ResponderExcluir
  9. Kkkkkkkkk, esse sindicato é um fanfarrão mesmo

    ResponderExcluir
  10. SINCERAMENTE, 14,66 PLANTÕES POR MÊS E AINDA COMEMORAM ? EU TAMBÉM DESDE QUE ME ENTENDO POR GENTE UM MÊS É CONTABILIZADO EM 4 SEMANAS. E MAIS, ALGUM GÊNIO DA SUAPI CRIOU UM RESOLUÇÃO ONDE SOMARAM TODAS AS SEMANAS DE UM ANO E DIVIDIRAM PELAS 12 HORAS DE CADA PLANTÃO. ALGUÉM ESQUECEU DE AVISAR ESSE GÊNIO QUE NÃO EXISTE CARGA HORÁRIA CALCULADA POR ANO. QUEM FEZ ESSA RESOLUÇÃO NÃO SABE DESENHAR UM ZERO NA AREIA SENTANDO SEM CUECA. É PRA RIR MESMO. ACORDO ESSE DESCE A TANGA AGENTES QUE O ESTADO FAZ O RESTO.

    ResponderExcluir
  11. na verdade esses 14 mensais serao maximo que o agente vai trabalhar, ou seja, como 14 ultrapassa 8 horas, sera dado uma folga mensal..isso significa que trabalharemos obrigaotorimaente 13 plantoes ...temos que cobrar que nao há em que se falar em 4 horas devendo uma vez que trabalhamos ferias e fins de semana...enquanto os diaristas sao beneficiados pelos feriados e fins de semanas, isso serviria para compensaçao..

    ResponderExcluir
  12. Sindilixo faz o guarda marchar 170 horas, enquanto isso Carlinhos e adeilton só viajando com dinheiro de guarda com direito a caviar a procura da Polícia penal kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir