sábado, 10 de dezembro de 2016

Execução dolorosa reaviva debate sobre injeção letal nos EUA


Condenado tossiu e ficou ofegante por 13 minutos durante durante sua execução. Departamento diz que seguiu o protocolo.

Foto divulgada pelo Departamento de Correções do Alabama mostra Ronald Bert Smith Jr., que sofreu pena de morte esta semana  (Foto: Alabama Department of Corrections via AP, File)Foto divulgada pelo Departamento de Correções do Alabama mostra Ronald Bert Smith Jr., que sofreu pena de morte esta semana  (Foto: Alabama Department of Corrections via AP, File)
Foto divulgada pelo Departamento de Correções do Alabama mostra Ronald Bert Smith Jr., que sofreu pena de morte esta semana (Foto: Alabama Department of Corrections via AP, File)
Um condenado à morte tossiu e ficou ofegante por 13 minutos durante durante sua execução nos Estados Unidos, de acordo com testemunhas, em um incidente que reaviva as preocupações sobre o uso da injeção letal como meio de aplicar a pena capital.
Ronald Smith, de 45 anos, foi condenado à morte pelo homicídio de um homem em uma loja de conveniência em 1994, no estado do Alabama.
No tot

Nenhum comentário:

Postar um comentário