quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Imagens fortes mostram agressão que levou à morte agente penitenciário





Charles foi espancado durante encontro de motociclistas
Charles foi espancado durante encontro de motociclistasFoto: Divulgação/Sindasp-PE
Morreu, nesta terça-feira (24), o agente penitenciário que foi espancado em um encontro de motociclistas, no último sábado (21), em Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú. Charles Souza Santos, de 41 anos, participava do evento, que aconteceu na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), quando foi agredido por um grupo formado por mais de dez homens.

A esposa de Charles, Edivânia Barros Santos, informou que o marido foi sozinho ao encontro e foi surpreendido pelo grupo quando tentava entrar no banheiro. "Ele estava na fila do banheiro e tinha um motoqueiro lá, que era o líder, e estava impedindo a entrada das pessoas. Ele chegou a questionar, mas mesmo assim entrou no banheiro", comentou Edivânia.

Segundo a mulher, quando o marido dela saiu do banheiro começou a ser espancado pelos homens. "Ele foi brutalmente espancado. Ele estava com a arma na cintura e, na hora de toda a agressão, a arma acabou disparando e atingindo a virilha dele", comentou a esposa de Charles.

O homem foi socorrido, por uma ambulância, para o Hospital de Afogados da Ingazeira. Após quatro horas na unidade de saúde, ele foi transferido para um hospital em Serra Talhada. Ele sofreu três paradas cardíacas e perdeu bastante sangue. A lesão atingiu a veia femoral e ele não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu na manhã desta terça, por volta das 9h.

Charles, que morava em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife, deixa a companheira e dois filhos - uma menina de 18 anos e um menino de 12. A esposa informou que ele era apaixonado por moto e lamentou não ter ido ao encontro. "Estávamos casados havia 14 anos. Lamento muito não ter ido para o encontro com ele. Se eu tivesse isso, poderia não ter acontecido nada", comentou. 

Ele trabalhava como agente penitenciário desde 2012 e, atualmente, estava lotado no Presídio de Limoeiro. As imagens das câmeras de segurança foram disponibilizadas pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários e estão sendo analisadas pela polícia. O caso está sendo investigado pela delegacia de Afogados da Ingazeira. O velório deverá acontecer nesta quarta-feira (25), em São Lourenço da Mata. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário