sábado, 14 de janeiro de 2017

Primeira etapa do concurso de agentes penitenciários é anulada e nova prova será realizada



A Secretaria de Justiça do Piauí emitiu, nessa quinta-feira (12), a Portaria nº 11/2017, anulando a primeira etapa do concurso para formação de cadastro de reserva para o cargo de agente penitenciário. A etapa corresponde às provas escrita e dissertativa.

A anulação foi feita, após parecer da Procuradoria geral do Estado, em razão da comprovação, pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), da prática de ilícitos por parte de candidatos que realizaram as provas.

A portaria determina que os candidatos inscritos terão seus direitos resguardados, podendo participar das novas provas objetiva e dissertativa, sem nenhum prejuízo. As demais etapas do concurso público serão mantidas.

Ainda de acordo com a portaria, o Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos da Universidade Estadual do Piauí (Nucepe), entidade organizadora do concurso, terá o prazo de 15 dias para divulgar o novo Anexo I (Cronograma de Execução), com nova data de aplicação das provas e das outras etapas do certame.

A portaria aguarda publicação no Diário oficial do Estado do Piauí. O concurso é destinado à classificação de 400 candidatos (360 na ampla concorrência e 40 pessoas com deficiência). O salário inicial é de R$ 5.966,14. De acordo com a Secretaria de Justiça, 75 classificados serão chamados imediatamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário