sábado, 4 de fevereiro de 2017

Agente penitenciário é preso suspeito de desviar 22 armas do Depen no PR


Servidor trabalhava na instituição há nove anos; ele foi detido em Curitiba.
Segundo a Polícia Civil, o homem deve responder por peculato.

Do G1 PR
Um agente penitenciário foi preso suspeito de desviar 22 armas do Departamento Penitenciário do Paraná (Depen). O homem de 40 anos foi detido no bairro Xaxim, em Curitiba, na quinta-feira (2), em uma autoescola.
Segundo a Polícia Civil, ele estava sendo investigado há três meses. As 22 armas desviadas foram doadas ao Depen pela Delegacia de Explosivos, Armas e Munições (Deam). No total, 160 armas tinhas sido doadas, entre revólveres, espingardas e carabinas.
O agente penitenciário, conforme a Polícia Civil, foi até a Deam para buscar as armas. O delegado responsável pelo caso, Emmanoel Aschidamini David, afirmou que testemunhas disseram ter visto o suspeito com armas fora do Depen. O agente penitenciário inclusive disse a colegas que ficaria com algumas armas para ele, conforme a Polícia Civil.
Inicialmente, a denúncia era de desvio de três armas, porém, depois foi verificado que o número era maior.
A Corregedoria do Depen abriu um processo administrativo interno para apurar a conduta do servidor. O suspeito tem nove anos de instituição e estava lotado como chefe da Seção de Segurança Externa da instituição. Ele está preso em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, à disposição da Justiça.
Se o suspeito for condenado, ele pode pegar uma pena de dois a 12 anos por cada arma. O agente penitenciário vai responder, de acordo com a Polícia Civil, por peculato.
As investigações continuam para localizar as armas desviadas.
Quer saber mais notícias do estado? Acesse o G1 Paraná.

Nenhum comentário:

Postar um comentário