sábado, 27 de maio de 2017


Escala falsa do pagamento parcelado circula entre servidores mineiros

Os trabalhadores estaduais ficaram assustados com as datas - com a primeira parcela no dia 20 de julho e a última no dia 31 - e procuraram O TEMPO, que verificou com a Secretaria de Estado de Fazenda que se tratava de uma mentira

PUBLICADO EM 26/05/17 - 12h51
Está circulando na internet desde o início de maio uma mensagem com uma falsa escala do pagamento parcelado dos servidores estaduais de Minas Gerais. Conforme o boato, a primeira parcela, que atualmente é paga próxima ao dia 10 de cada mês, passaria a cair na conta dos funcionários após o dia 20. A informação foi desmentida pela Secretaria de Estado de Fazenda, que informou que as datas dos pagamentos do próximo trimestre só serão divulgadas no fim de junho, após a última parcela, prevista para o dia 22.
O texto, que causou revolta em muitos servidores do Estado, afirmava que em julho a primeira parcela seria paga somente no dia 20, a segunda no dia 27 e a terceira e última apenas no dia 31. De acordo com a Secretaria de Fazenda, trata-se de uma mensagem falsa e maliciosa que vem circulando nas redes sociais, já que as novas datas só são divulgadas após o pagamento da última parcela prevista na última escala.
O parcelamento acontece desde janeiro de 2016, seno que os salários de até R$ 3 mil são pagos integralmente na primeira data. Já os salários até R$ 6 mil são pagos em duas parcelas e, por fim, os servidores que recebem mais de R$ 6 mil têm o pagamento parcelado em três vezes.
Neste mês, o Estado atrasou o pagamento da terceira parcela, que deveria ter sido paga no dia 22, o que também causou revolta entre os trabalhadores. A secretaria assumiu falta de valor em caixa, mas os salários acabaram sendo quitados no dia seguinte

Jornal O Tempo

Nenhum comentário:

Postar um comentário