segunda-feira, 29 de maio de 2017

Um agente penitenciário e três detentos morreram na manhã deste domingo (28) durante uma tentativa de fuga ocorrida dentro do Centro de Recuperação Penitenciário do Pará II (CRPP II), no município de Santa Isabel, Região Metropolitana de Belém

. O servidor Gilson Renato Santos Launer, de 44 anos, e os internos foram baleados durante troca de tiros entre presos e policiais.

Segundo a Superintendência do Sistema Penitenciários do Pará (Susipe), o caso ocorreu por volta das 5h45, quando dois agentes prisionais, incluindo Gilson, foram feitos reféns por detentos armados enquanto realizavam a destranca de celas. Policiais militares e os presos em fuga trocaram tiros, quando as vítimas foram baleadas. Os detentos, que não tiveram a identidade revelada, morreram no local. Gilson chegou a ser encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Castanhal, mas não resistiu e morreu.

Mulheres de detentos que estavam no local para o horário de visita afirmam que chegaram a ouviram os tiros serem disparados dentro do presídio, e viram uma grande movimentação no local, incluindo a chegada da Tropa de Choque. Após o ocorrido, as visitas foram suspensas.

O Centro de Perícias Cientificas Renato Chaves já foi acionado para fazer a remoção dos corpos. Uma equipe do Comando de Missões Especiais da PM reforça a segurança na unidade prisional que passa por uma revista e recontagem de detentos. De acordo com a Susipe, não há registro de fugas.

Um inquérito policial será aberto para apurar o caso e investigar de onde partiu o tiro que atingiu o servidor. O agente Gilson Renato Santos Launer deixa esposa e três filhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário