quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Criação da polícia penitenciária tem mais uma sessão de discussão em 2º turno


   
Da Redação | 27/09/2017, 20h19 - ATUALIZADO EM 27/09/2017, 20h49
Passou pela segunda sessão de discussão em segundo turno a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 14/2016, que cria as polícias penais federal, estaduais e distrital. Com isso, os agentes penitenciários passam a ter os direitos inerentes à carreira policial. A proposta ainda terá que passar por mais uma sessão de discussão antes da votação. Depois, se aprovada, segue para a Câmara dos Deputados.
Do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), a PEC acrescenta essas polícias ao rol dos órgãos do sistema de segurança pública, e determina como competência dessas novas instâncias a segurança dos estabelecimentos penais e a escolta de presos.
A intenção, diz o autor, além de igualar os direitos de agentes penitenciários e policiais, é liberar as polícias civis e militares das atividades de guarda e escolta de presos.
Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário