domingo, 19 de novembro de 2017

SISTEMA PRISIONAL DE MINAS GERAIS CORRE O RISCO DE NÃO ELEGER UM AGENTE PENITENCIÁRIO NAS ELEIÇÕES DE 2018

SISTEMA PRISIONAL criou-se expectativas nas ELEIÇÕES de 2014, quando pela primeira vez na história uma UNIÃO conseguiu ELEGER o Deputado Estadual Márcio Santiago (AGENTE PENITENCIÁRIO).

Hoje a maior esperança tornou-se um exemplo de descrédito, ou seja, sinônimo de decepção, pois, o nobre parlamentar não conseguiu colocar nenhum um PROJETO DE LEI e/ou sequer aprovar em favor doAGENTE PENITENCIÁRIO.

O fiasco da REPRESENTATIVIDADE transcende nas REDES SOCIAIS, pois, veicula-se 30 nomes de Agentes Penitenciários para concorrerem ao mandato de Deputado Estadual e uns 20 para o mandato de Deputado Federal e 3 para Senador.

Portanto, o Deputado Márcio abandonou o SISTEMA PRISIONAL, isto é, muito fomenta nos bastidores que só a igreja garante à sua eleição, por isso, usa o nome de Missionário Marcio Santiago para se desvincular das lutas classistas.

FATOS:

SISTEMA PRISIONAL SEM LEI ORGÂNICA, SEM APOSENTADORIA ESPECIAL, SEM JORNADA DE TRABALHO JUSTA, QUADRO DEFICITÁRIO DE SERVIDORES, SEM EQUIPARAÇÃO DE PROMOÇÃO E PROGRESSÃO, SEM INVESTIMENTO E ESTRUTURA E AINDA FALTA MUITO!

SEM REPRESENTATIVIDADE POLÍTICA...(chorar)






Resultado de imagem para marcio santiago

Um comentário:

  1. É nobre Alexandre Guerreiro, dos que se arvoraram como candidatos antecipados nenhum terá meu voto!

    ResponderExcluir